PUB

chamusca variacoes

PUB

carnaval santarem

O Tribunal da Relação de Évora mandou repetir o julgamento dos três suspeitos do homicídio de Nélson Ferreira, o camionista de Salvaterra de Magos que foi assassinado na área de serviço da A23 das Mouriscas, concelho de Abrantes. Apesar do principal arguido, Emanuel Candeias, ter sido condenado a 18 anos e nove meses de prisão no primeiro julgamento, no Tribunal de Abrantes, o Ministério Público (MP) recorreu da absolvição dos outros dois acusados, Ulisses e David, do crime de homicídio qualificado em co-autoria.

Os desembargadores de Évora não só mandaram repetir o julgamento da primeira instância, considerando existir elementos suficientes para que seja feita uma reapreciação de prova, como negaram provimento ao recurso apresentado pela defesa de Emanuel Candeias, tido como o autor da facada que matou o camionista. A vítima mortal, então com 37 anos, trabalhava para uma empresa de Arruda dos Vinhos e seguia com destino a França, quando parou para tomar café por volta das 4 horas da manhã, a 29 de Junho de 2010.

O camionista envolveu-se numa discussão com um grupo de três homens, ainda no interior da cafetaria, foi agredido com tremenda violência no exterior e acabou por ser assassinado com uma facada no coração junto às bombas de abastecimento, onde foi encontrado por uma funcionária.

Agnelo Anjos Pais, sub-chefe do quadro de honra dos bombeiros voluntários de Santarém (BVS), faleceu na quarta-feira, 15 de Fevereiro, aos 80 anos de idade, no Hospital de Santarém.

O corpo encontra-se em câmara ardente no salão nobre dos BVS até quinta-feira, às 14h30, hora a que se realiza o funeral para o cemitério de Santarém.

Nascido a 19 de Julho de 1931, Agnelo Pais foi bombeiro no activo durante 51 anos, até 28 de Fevereiro de 2001, data em que passou para o quadro de honra.

Nos voluntários scalabitanos, onde ingressou como aspirante a 22 de Julho de 1950, desempenhou funções de sub-chefe desde 1970 e foi agraciado com diversas condecorações e louvores “pela maneira briosa e exemplar como sempre desenvolveu a sua actividade”, salienta uma nota dos BVS, que, juntamente com a direcção da associação humanitária, “endossam a família as suas mais sentidas condolências”.

Foto de arquivoA PSP do Entroncamento deteve esta terça-feira, 14 de fevererio, um homem de 24 anos, suspeito de um assalto violento na mesma cidade, ocorrido a 28 de janeiro. Nesse dia, cerca da uma da manhã, uma residência onde se encontrava uma senhora de 90 anos de idade foi assaltada. Segundo a PSP, o roubo ocorreu, depois de o suspeito ter arrombado uma marquise e entrado no quarto da vítima onde a mesma pernoitava.

Uma vez no aposento, o suspeito agrediu-a e obrigou-a a entregar vários objetos em ouro, designadamente um fio, uma pulseira, um par de brincos e três anéis, sendo avaliados na altura em 1700 €, além de duas notas de dez euros.

Após comunicação à PSP do Entroncamento, efetuada por um filho da vítima, foi possível diligenciar e recuperar o produto do roubo, com exceção de 2 anéis. Ontem, depois de se apurar o alegado autor do roubo, que já tem alguns antecedentes criminais e é suspeito de outro roubo de características idênticas, este foi detido com ordem de detenção (fora de flagrante delito) e apresentado a primeiro interrogatório.

Depois de interrogado, o juiz ordenou a prisão preventiva do suspeito, que foi conduzido ao estabelecimento prisional de Torres Novas, de onde seguirá para o das Caldas da Rainha.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

barquinha savel lampreia 2020

PUB

Quem está Online?

Temos 432 visitantes e 0 membros em linha