PUB

chamusca covid

PUB

cms fiqueemcasa

A Escola Profissional de Coruche foi a grande vencedora da quarta edição do projeto Escola Eletrão, uma iniciativa que visa a recolha de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos (REEE) e Resíduos de Pilhas & Acumuladores (RPA).

O estabelecimento de ensino de Coruche recolheu 36,6 toneladas deste tipo de resíduos, contribuindo para as mais de 872 toneladas de resíduos recolhidos em todo o país.

Segundo a Amb3E, instituição que coordena o projeto Escola Eletrão, este ano participaram na iniciativa 572 escolas inscritas, num total de mais de 430 mil alunos e 50 mil professores envolvidos.

Nesta quarta edição,  o projecto Escola Electrão associou-se à Gincana Rock in Rio, em que, por cada tonelada de REEE e RPA recolhida, a Amb3E vai entregar dez euros a favor de bolsas de estudo na área da música, para jovens dos ensinos básico e secundário em situação de risco.

Para além da componente ambiental do projecto, a Amb3E assegurou a sua vertente pedagógica, preparando material didáctico adaptado aos diferentes anos escolares, que foi distribuído pelas escolas inscritas num kit dirigido a professores e alunos.

A castiça vila da Golegã espera mais uma enchente de apaixonados do mundo equestre entre os dias 17 e 20 de Maio, durante a realização da 14ª edição da Expoégua.

Se muitos experimentam o Verão de São Martinho em Novembro, durante a Feira Nacional do Cavalo, este certame pretende ser “como que um São Martinho de Verão, aproveitando para exaltar, premiar e elevar as mães e filhas do efectivo equino de todas as raças criadas em Portugal”, explica o presidente da Câmara Municipal da Golegã, José Veiga Maltez.

Os melhores exemplares serão premiados com os troféus de ouro e prestígio da Associação Portuguesa do Cavalo Puro-Sangue Lusitano, Associação Portuguesa de Criadores de Raças Selectas e da Associação Portuguesa do Cavalo Árabe.

O concurso nacional decorre durante todo o dia de sábado, 19 de Maio, no Largo do Arneiro, que, a exemplo do que acontece na Feira Nacional do Cavalo, será o ponto central do certame. Os vencedores serão anunciados no domingo, dia 20, numa cerimónia marcada para as 15h30.

Em paralelo com a Expoégua, decorrem ainda o 6º salão do vinho, do vinagre e do azeite, e a 14ª mostra de gastronomia ribatejana, eventos que visam promover os genuínos produtos da terra e a restauração da região.

Outro dos momentos incontornáveis deste certame é a romaria a São Martinho a S. João da Ventosa, uma tradição de carácter religioso que se cumpre na manhã de sexta-feira, 19 de Maio, o dia dos romeiros de São Martinho.

Centenas de crianças dos jardins-de-infância e das escolas do 1º ciclo do concelho de Abrantes vão participar no desfile da flor, que marca o arranque da festa da Primavera.

O desfile realiza-se pelas ruas do centro histórico na sexta-feira, 20 de Abril, a partir das 10 horas, com os alunos vestidos como flores, e termina na Praça Barão da Batalha, num espectáculo animado por Carlos Catarino.

Numa acção de promoção ao comércio tradicional, o centro histórico de Abrantes vai também ser invadido por dezenas de espantalhos, entre os dias 20 e 22 de Abril.

“Figura intimamente ligada ao fenómeno da primavera e das festas solares, os espantalhos são trabalhados pelas mãos de utentes de lares e centros de dias, escolas, associações e comerciantes”, explica uma nota de imprensa da autarquia, onde se lê que estes “trabalhos criativos estarão expostos ao longo do dia no exterior das casas comerciais, criando uma rota pelo centro comercial ao ar livre de Abrantes.

O programa da festa da Primavera inclui ainda um concerto com Paulo de Carvalho, no dia 4 de Maio, no cineteatro S. Pedro, e um desfile de moda infantil no centro histórico, a 26 de Maio, segundo a mesma nota.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 1196 visitantes e 0 membros em linha