PUB

chamusca paulo betti

PUB

cms generico

O Comando Territorial da GNR de Santarém vai realizar a operação “Censos Sénior 2012”, cujo objetivo é a atualização do registo dos idosos que vivem sozinhos e/ou em locais isolados, bem como informar as entidades competentes das situações de potencial perigo.

A operação, que vai decorrer de 15 de janeiro a 29 de fevereiro insere-se no programa “Apoio 65 – Idosos em Segurança”, sendo que através do preenchimento de uma ficha de registo, os militares da guarda recolhem a identificação dos idosos, a idade e os contactos dos idosos, assim como dos seus familiares mais próximos, para eventuais situações de emergência.

No decorrer desta ação os idosos são, também, sensibilizados para os cuidados de segurança que devem adotar no seu dia a dia, por forma a diminuir o grau de risco das ações criminosas de que poderão ser alvo, nomeadamente os assaltos e as burlas, assim como, alertados de que poderá ser usado como modus operandi, pelos burlões, o tema da Televisão Digital Terrestre (TDT).

No ano de 2011 esta operação contou com o empenho de 161 militares, bem como de outras entidades, sendo registados no distrito de Santarém 1723 idosos a viverem sozinhos ou em condições de isolamento.

As piscinas municipais Fernando Cunha, em Torres Novas, funcionam desde o dia 1 de Janeiro de 2012 com um novo horário.

O horário de funcionamento é agora das 8h00 às 21h30, de segunda a sexta, e das 8h00 às 13h30, ao sábado. Aos domingos e feriados, este equipamento está encerrado.

A Quercus alertou esta quinta-feira, 12 de Dezembro, para mais um alegado abate ilegal de centenas de sobreiros, desta vez numa área florestal junto a Foros de Salvaterra, no concelho de Salvaterra de Magos.

Após receber uma denúncia sobre um abate ilegal de mais de 500 sobreiros, a associação ambientalista deslocou vários elementos ao local para confirmar a situação e constatou que foram cortadas centenas de árvores adultas protegidas, as quais ainda se encontram no terreno, na zona da Buinheira, em Foros de Salvaterra.

A Quercus verificou no terreno que os sobreiros abatidos estavam verdes e não se encontravam cintados como refere a regulamentação legal, situação que revela a ausência de autorização de abate da Autoridade Florestal Nacional.

A denúncia foi prontamente remetida pela Quercus, para o Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente da GNR, entidade que tem de fiscalizar estas situações, e para a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos para esclarecimentos sobre pretensões de conversão da floresta para uso agrícola ou urbanístico.

O cidadão que alertou para a situação refere que a pretensão é instalar um pivot de rega e considera um “verdadeiro atentado contra a natureza e a preservação de uma árvore que referenciamos como símbolo Nacional”.

A Quercus exige um inventário geográfico rigoroso deste corte ilegal de sobreiros com o levantamento do respectivo auto de notícia por contra-ordenação. Dado o risco de continuar o corte ilegal dos sobreiros, a Quercus apela ainda ao reforço da fiscalização das autoridades e exige a interdição da alteração do uso do solo no povoamento de sobreiros pelo período de 25 anos, em conformidade com a legislação aplicável.

Mais artigos...

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 376 visitantes e 0 membros em linha