PUB

chamusca paulo betti

PUB

cms generico

Igreja de Valada (Cartaxo)As igrejas de Valada e Vale da Pedra, no concelho do Cartaxo, foram assaltadas na madrugada de sexta-feira para sábado.

Segundo a Rádio Cartaxo, que avançou a notícia, em Vale da Pedra, os amigos do alheio terão saltado o portão, partido uma janela lateral e entrado então no espaço religioso. O padre José António Antunes contou à mesma rádio que os larápios abriram armários, arrombaram o sacrário e levaram um conjunto de objetos, como cálices, castiçais e até um megafone. O pároco estima que o prejuízo deverá ser superior a 5 mil euros.

Em Valada, o esquema foi idêntico. Os ladrões entraram por uma das poucas janelas que não estão protegidas por gradeamento e levaram todo o tipo de objectos e equipamentos de metal que encontraram, bem como duas aparelhagens de som. Depois, saíram por uma porta lateral que deixaram aberta.

A GNR do Cartaxo esteve nos dois locais mas a investigação está agora a cargo da Polícia Judiciária.

Já está em curso a empreitada de remodelação do antigo Convento do Carmo em Torres Novas, um investimento que ascende aos 5,1 milhões de euros e que inclui a construção da futura loja do cidadão da cidade num edifício que será construído de raiz.

As obras começaram pela demolição dos interiores no antigo convento e algumas construções independentes que não faziam parte da estrutura original.

Foram, no entanto, preservadas as três fachadas do edifício e as paredes do antigo claustro.

A estrutura do parque de estacionamento de dois pisos nas traseiras do imóvel já está em curso, segundo uma nota de imprensa da Câmara Municipal de Torres Novas, que explica ainda que “as restantes demolições serão faseadas, à medida que se for procedendo à construção da nova estrutura”.

“Esta obra visa a melhoria das condições de salvaguarda e valorização do Convento do Carmo, respeitando a sua integridade patrimonial”, salienta ainda a autarquia, adiantando que “através da recuperação e valorização deste bem arquitectónico, situado no centro da cidade, criar-se-á um espaço para acolher serviços municipais”.

A obra é financiada por fundos comunitários, com uma comparticipação que ronda os 4,1 milhões de euros, que correspondem a 80% das despesas elegíveis.


Os bombeiros municipais de Sardoal contam com uma nova estação meteorológica de tecnologia avançada que permite prever diariamente as condições do tempo com maior precisão. Os munícipes podem consultar a informação actualizada em http://meteosardoal.no-ip.info ou através da página da Internet da autarquia, em www.cm-sardoal.pt. A estação custou cerca de 1.000 euros, um investimento repartido entre a autarquia, o centro social dos bombeiros e Protecção Civil. “A estação não tem fios e está dotada de um sensor versátil que combina num único pacote um colector de chuva (fluviómetro), sensores de temperatura, humidade e um instrumento que permite medir a velocidade do vento (anemómetro)”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Sardoal. O equipamento “tem actualização a cada 2,5 segundos e também possui um painel solar que lhe garante energia própria”, acrescenta o mesmo documento.

Mais artigos...

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 544 visitantes e 0 membros em linha