PUB

chamusca covid

PUB

cms fiqueemcasa


Um jovem de 25 anos foi abandonado com ferimentos muito graves dentro de um carro que se despistou no Frade de Baixo, concelho de Alpiarça, na terça-feira, 31 de Julho, por volta das 22 horas.

Os restantes ocupantes que seguiam na viatura fugiram do local do acidente e são neste momento procurados pela GNR, que está a investigar os contornos do caso.

A vítima encontrava-se inanimada quando foi desencarcerada de dentro do veículo pelos bombeiros de Alpiarça. De seguida, foi assistida no local e transportada para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde permanece internada no Serviço de Observação “num estado que ainda inspira alguns cuidados”, disse à Rede Regional fonte desta unidade hospitalar.

O carro, que seguia na estrada secundária que liga as aldeias de Frade de Baixo e Frade de Cima, terá entrado em despiste e arrancou parte da vedação de uma propriedade agrícola.

“Quando me aproximei, só vi três ou quatro vultos ao pé do carro”, disse à Rede Regional Luís Pereira, o proprietário da quinta. “Perguntei-lhes se estavam tudo bem, eles disseram que sim e desapareceram de repente. Nem vi para que lado fugiram”, recorda o agricultor, acrescentando apenas que lhe pareceu ouvir também “uma voz feminina”.

Foi Luís Pereira quem deu o alerta para o 112, desconhecendo que no interior do carro estava um passageiro abandonado. “Eu ainda espreitei para dentro do carro, mas estava tão escuro que não vi ninguém. Só percebi isso quando os bombeiros chegaram e começaram a socorrê-lo”, explicou.

Fonte da GNR de Santarém confirmou à Rede Regional que, “ao chegar ao local, a patrulha deparou-se apenas com um sinistrado, e que não era o condutor”. “Neste momento, decorrem as diligências para apurar a identidade dos envolvidos no acidente e os motivos pelos quais se terão ausentado do local”, explicou a mesma fonte.

No local, além da GNR, esteve a VMER do Hospital de Santarém e os bombeiros municipais de Alpiarça, com três viaturas e 11 elementos.

O funeral do ex-guarda-redes Carlos Alberto, que faleceu esta terça-feira, 31 de julho, após o violento despiste da viatura de transporte de gás em que seguia, realiza-se na sexta-feira, dia 3 de agosto, às 17h00, na localidade de Marianos, concelho de Almeirim, de onde a vítima era natural.

O funeral chegou a estar previsto para quinta-feira mas, ao que o Rede Regional conseguiu apurar, a realização da autópsia, decretada pelo tribunal, obrigou à sua mudança para sexta-feira.

Os restos mortais de Carlos Alberto deverão chegar à casa mortuária de Marianos ao final da manhã de sexta, onde o corpo ficará em câmara ardente até sair para o cemitério de Marianos, às 5 da tarde.

 

NOTÍCIA RELACIONADA

Acidente de viação vitima ex-guarda-redes

 

O Bispo de Timor, D. Carlos Ximenes Belo, foi recebido esta terça-feira, 31 de Julho, na Câmara de Santarém, pelo presidente em exercício, Ricardo Gonçalves, e pelo presidente da Assembleia Municipal, Pinto Correia.

D. Ximenes Belo, Prémio Nobel da Paz em 1996, fruto do seu trabalho em prol de uma solução justa e pacífica para o conflito em Timor-Leste, visitou ainda o Centro de Investigação Dr. Joaquim Veríssimo Serrão, onde o director do Centro, Martinho Vicente Rodrigues, explicou toda a dinâmica daquela instituição.

Já durante a tarde, D. Ximenes Belo fez uma visita ao Centro Histórico de Santarém onde teve oportunidade de conhecer alguns dos seus monumentos e recolher informações para os seus livros.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 1029 visitantes e 0 membros em linha