PUB

chamusca natal

PUB

cimt slideshow

PUB

reino natal

PUB

elgalego 2019

banner coruche natal1

O abastecimento de água em Vale de Figueira, concelho de Santarém, foi reposto pelas 15h45, depois de solucionado o problema de bombagem que impedia o seu fornecimento.

A ruptura na conduta principal de abastecimento ocorreu na quarta-feira, 15 de Fevereiro, pelas 20 horas, altura a que as torneiras na freguesia ficaram secas.

Esta situação ficou resolvida na quinta-feira pelas 11h30, altura que se detectaram as anomalias na bombagem da água para o depósito, problema que foi solucionado pelas 15h45.

A marcar este caso fica o facto da equipa de piquete da Águas de Santarém se ter recusado a trabalhar a partir das 22 horas, alegando não ter autorização da administração para trabalhar a partir daquela hora.

O facto dos trabalhos de reparação só se terem iniciado pelas 9 horas da manhã provocou grande descontentamento no presidente da Junta de Freguesia, Manuel Cordeiro, que acusou a empresa de “passividade na resolução de um problema que deixou sem água uma população de cerca de 1.300 pessoas”.

“Não se admitem os transtornos que estas situações causam à população”, afirma Manuel Cordeiro, lembrando que Vale de Figueira, além das residências particulares, tem “o centro de dia, as escolas e outros equipamentos públicos que precisam de funcionar”. A própria Junta de Freguesia encerrou porque “a funcionária se recusou a vir trabalhar, uma vez que não tinha água para fazer a higiene diária”.

 

Primeira notícia (11h12):

Águas de Santarém deixa Vale de Figueira sem abastecimento 

A freguesia de Vale de Figueira, no concelho de Santarém, está sem abastecimento de água desde as 20 horas de quarta-feira, 15 de Fevereiro, após o piquete da Águas de Santarém ter abandonado o local sem iniciar a reparação do problema de imediato, durante a noite. “Ao início da noite, foi detectada uma ruptura na conduta principal que transporta a água dos furos ao depósito”, explicou à Rede Regional o presidente da Junta, Manuel Cordeiro, acrescentado “o depósito ficou totalmente vazio”.

A origem do problema foi detectada pela equipa de piquete da Águas de Santarém que se deslocou ao local com o engenheiro responsável, mas, segundo o autarca, os funcionários abandonaram o local às 22 horas, explicando que deixaram de ter autorização da empresa para trabalhar a partir daquela hora.

Os trabalhos recomeçaram na manhã de quinta-feira, às 9 horas, e o abastecimento de água deverá ser reposto por volta da hora de almoço, segundo espera Manuel Cordeiro, que lamenta “a passividade da empresa na resolução de um problema que deixou sem água uma população de cerca de 1.300 pessoas”.

Manuel Cordeiro já deu conta da sua insatisfação a vários elementos ligados à administração da Águas de Santarém e ao próprio presidente da Câmara, Moita Flores. Segundo o autarca local, “o que lá estão a fazer hoje podia ter sido feito durante a noite. Não se admitem os transtornos que estas situações causam à população”. Um dos exemplos que aponta é a própria Junta de Freguesia, que encerrou na quinta-feira de manhã porque “a funcionária se recusou a vir trabalhar, uma vez que não tinha água para fazer a higiene diária”.

O “conde” José Castelo Branco, vai ser a “rainha” do carnaval na discoteca Horta da Fonte, no Cartaxo. O popular  “rei do jet-set” vai estar na “capital” do vinho no sábado, 18 de Fevereiro, e, segundo disse ao Jornal de Notícias, vai vestido de Miss Universo.

“Quando o público vir as minhas pernas vai acabar tudo numa megaorgia", disse Castelo Branco ao mesmo jornal, numa alusão bem-humorada ao mediático caso das orgias de Famalicão, onde se viu envolvido e do qual foi testemunha recentemente, processo que ainda não tem fim à vista em tribunal.

Foto de arquivoUm homem ficou ferido esta manhã quando o camião que conduzia se despistou no IC2 junto ao Casal da Fisga, entre Rio Maior e o cruzamento para a Benedita. Segundo foi possível apurar o motorista não perdeu a consciência mas ficou encarcerado dentro do veículo durante cerca de três horas.

O acidente aconteceu cerca das 6 da manhã quando o veículo pesado, que transportava leite, entrou em despiste e foi cair numa ribanceira, onde tombou. O alerta pelo 112 foi dado às 5h56 e foram enviados para o local três veículos dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior e duas viaturas dos Bombeiros Voluntários da Benedita.

A estrada não chegou a ser cortada pois não houve derramamento de carga na via e o camião tombou para fora da estrada.

Mais artigos...

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

anuncio2020

PUB

cmcartaxo natal

PUB

PUB

politeama rainhadaneve

Quem está Online?

Temos 369 visitantes e 0 membros em linha