PUB

app chamusca

PUB

insantarem

A Câmara de Rio Maior vai distribuir 50 talhões, cada um com área de 40 metros quadrados, para que os interessados possam criar hortas urbanas.

Localizados na Freguesia de Rio Maior e propriedade da autarquia, os 50 terrenos têm como objetivo criar um novo espaço de produção agrícola familiar, onde serão proporcionadas as condições essenciais para a implantação de pequenas hortas. A câmara quer também promover a requalificação ambiental e paisagística da área, proporcionando aos utilizadores áreas de lazer e convívio e motivação na melhoria de hábitos de alimentação saudável.

Os potenciais interessados têm até 16 de Dezembro para solicitar o formulário de intenção e submeter a sua candidatura nas Juntas de Freguesia, nas instalações da câmara ou na sua página electrónica. Para tal basta ser residente no Concelho de Rio Maior e não exercer actividade agrícola noutros locais ou parcelas.

A autarquia fará a selecção dos candidatos para cada horta, tendo como critérios de selecção a ordem de inscrição, a proximidade de residência ao local e objectivo e intenção do candidato na adesão ao projeto, a que foi dado o no de “Horta Maior - Hortas Urbanas de Rio Maior”.

A Polícia Judiciária de Leiria deteve três homens suspeitos da agressão violenta de um agente da PSP de Torres Novas na noite de 13 de novembro, domingo, na zona de Vila Nova da Barquinha.

As agressões ocorreram na sequência de um acidente de viação entre a viatura do polícia e aquela onde seguiam os detidos. Segundo a investigação da PJ, os três homens agrediram violentamente, a soco e pontapé, o condutor da outra viatura, desconhecendo tratar-se de um agente da PSP.

O agente, de 36 anos, que permanece internado no Hospital de Santa Maria, sofreu fraturas cranianas e lesões graves no rosto, já não se encontra em risco de vida, estando bo entanto a ser observado em consultas maxilo-faciais, não estando descartada a hipótese de serem necessárias intervenções cirúrgicas.

Os indivíduos, com idades entre os 23 e os 31 anos, foram detidos na segunda-feira, 21 de Novembro, e estão acusados de homicídio qualificado na forma tentada e de simulação de crime, pois chegaram a apresentar uma queixa-crime pelo furto da viatura em que se transportavam quando terão agredido o polícia. Antes disso, tinham alegadamente fugido do local do acidente na altura em que chegou uma testemunha.

A PJ descobriu que a viatura estava em nome de um dos detidos e que existia pelo menos uma outra situação idêntica em que estavam referenciados, além de os exames laboratoriais terem provado o envolvimento dos três nas agressões.

Uma das filhas gémeas da apresentadora  televisiva Júlia Pinheiro está internada no Hospital de São José, em Lisboa, depois de ter tido um grave acidente de viação na zona do Cartaxo.

O acidente aconteceu na madrugada de domingo, às 4h46, entre Pontével e a Ereira. Matilde, de 18 anos, seguia na viatura com mais três colegas e bateu com a cabeça na porta da viatura. Ao que foi possível apurar, o despiste foi provocado pela estado da estrada, bastante escorregadio devido á chuva.

A jovem esteve em obsevação e a fazer exames durante toda a manhã e fi trabsferida para o São José por volta da hora do almodo com suspeita de traumatismo craniano.

O estado de saúde da jovem parece estar a evoluir positivamente. “A minha filha está sob observação. Tem uma costura na cabeça e hematomas na cara. O prognóstico é reservado mas positivo. Estamos todos preocupados”, anunciou em comunicado Júlia Pinheiro.

Uma das amigas que seguia com a Matilde ficou também com alguns ferimentos, mas teve alta imediata. As outras duas estão bem. As jovens foram primeiro assistidas no hospital de Santarém e só depois transferidas para Lisboa. No local, estiveram os bombeiros do Cartaxo e a GNR.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

banner RedeRegional Moonspell InSantarem

PUB

Quem está Online?

Temos 565 visitantes e 0 membros em linha