O proprietário de uma empresa de transportes e um empregado foram largados em Foros do Almada, a cerca de 15 quilómetros de Benavente, após terem sido vítimas de sequestro por carjacking em São Julião do Tojal, Loures, zona onde ambos habitam. O crime ocorreu durante a madrugada de sexta-feira, 6 de Janeiro, quando os homens foram surpreendidos por quatro assaltantes que, sob a ameaça de armas de fogo, os agrediram e levaram o Audi de alta cilindrada do empresário.

Além do carro, os ladrões levaram também todos os objectos pessoais das vítimas, incluindo carteiras de documentos, dinheiro e telemóveis, o que os deixou impossibilitados de pedir socorro.

A GNR de Benavente foi inicialmente chamada por residentes para investigar a presença de dois indivíduos estranhos que podiam estar prestes a cometer um assalto. Ao chegar ao local, a patrulha deu com os dois homens bastante assustados e desorientados, sem fazer a mínima ideia onde se encontravam.

Por envolver agressões e sequestro sob ameaça de armas de fogo, a investigação do crime transitou para a Polícia Judiciária de Lisboa.