PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

Entre os dias 1 e 4 de junho, a GNR deteve mais três indivíduos suspeitos do crime de violência doméstica no distrito, sendo que dois deles vão ficar a aguardar julgamento sujeitos a meios de vigilância eletrónica.

Slide thumbnail

Um homem de 38 anos, residente em Tomar, foi detido por militares do posto desta cidade na sequência de uma denuncia de agressões e ameaças de morte à sua própria mãe, de 68 anos.
Na residência, a patrulha deteve o suspeito em flagrante delito, a ameaçar a idosa, e verificou que a vítima “era injuriada e agredida constantemente pelo filho”, segundo um comunicado de imprensa do Comando Territorial de Santarém da GNR.
“O detido permaneceu nas instalações da Guarda até ser presente no dia 3 de junho, ao Tribunal Judicial de Santarém, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de termo de identidade e residência, obrigação de apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência, e proibição de contactar e frequentar a residência da vítima”, sendo que estas medidas vão ser fiscalizadas por pulseira eletrónica.
O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) deteve ainda, nos dias 3 e 4 de junho, dois homens de 45 e 60 anos, pelo mesmo crime, nos concelhos de Ferreira do Zêzere e Santarém.
Um dos arguidos “agrediu física e psicologicamente de forma reiterada a mulher, de 34 anos, durante dez anos de casamento, chegando a ameaçá-la de morte”, acrescenta o comunicado da GNR, ao passo que o segundo detido “exercia violência física e psicológica sobre a sua companheira, de 59 anos, recorrendo a ameaças de morte com uma espingarda caçadeira”.
Nestas detenções, foram cumpridos “dois mandados de detenção e de busca domiciliária, devido ao perigo de continuidade da violência exercida sobre as vítimas, tendo ainda apreendido duas espingardas de caça”.
Os dois homens foram presentes ao Tribunal Judicial de Santarém “no dia 4 de junho, tendo sido aplicadas, a ambos, as medidas de coação de proibição de contacto com as vítimas, bem como obrigação de abandono da residência”, explica o comunicado, que acrescenta que, ao segundo detido, “esta medida será monitorizada através de pulseira eletrónica”.

 



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 764 visitantes e 0 membros em linha