PUB

chamusca covid continua

PUB

santarem embreve

As famílias de cerca de 50 alunos do 8º ano da Escola Secundária Sá da Bandeira, em Santarém, estão a exigir a devolução do dinheiro que pagaram antecipadamente por uma viagem a Dublin, na Irlanda, que não se realizou na semana antes da Páscoa devido às proibições impostas pelo combate à epidemia do COVID-19.

Slide thumbnail

Em causa, estão mais de 500 euros que hoje fazem falta a muitas famílias, explicaram à Rede Regional alguns dos queixosos, que acusam a agência de viagens, a Omnitur, de estar a protelar a restituição das verbas pagas pelos encarregados de educação e por alguns estudantes, que trabalharam e promoveram atividades para juntar o dinheiro.
Depois de vários telefonemas e comunicações a solicitar a restituição das verbas, os queixosos receberam um e-mail da agência a contrapropor a emissão de vouchers em crédito para viagens futuras, mas os pais não querem esta solução e exigem a devolução integral do dinheiro.
A Rede Regional sabe que a Associação de Pais e Encarregados de Educação da Sá da Bandeira tem tentado mediar este conflito entre as famílias e a Omnitur, tendo já pedido esclarecimentos ao Ministério da Educação sobre as questões legais que envolvem o reembolso de viagens suspensas devido à pandemia.
Em reunião realizada com a Associação de Pais esta quarta-feira, 20 de maio, o administrador da empresa comprometeu-se a contatar novamente todas as famílias para discutir os pormenores relativos à devolução do dinheiro.
A Rede Regional pediu esclarecimentos por escrito à Omnitur, que, apesar de ter prometido dar explicações, não nos fez chegar qualquer resposta ao nosso e-mail.

 



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

  • jorge_malacas.jpg

PUB

rede regional banner contactos essenciais

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 445 visitantes e 0 membros em linha