PUB

chamusca covid

PUB

banner cms vamostodosficarbem

A Câmara de Santarém reforçou as linhas de apoio destinadas a pessoas em situação de maior fragilidade e vulnerabilidade social, nomeadamente os mais idosos, as crianças e os jovens, os migrantes e as vítimas de crime.

Slide thumbnail

O objetivo é “minimizar o impacto do isolamento social e as medidas restritivas da inexistência do atendimento presencial” decorrentes da situação de pandemia da covid-19, permitindo responder às necessidades, articular entre as diversas entidades, referenciar situações e envolver empresas na resposta.

Os munícipes podem pedir apoio alimentar e de medicamentos, bem como apoio emocional/psicológico, através dos contactos da ação social: acesso alimentar - 243 304 414 | 243 304 424 | 243 304 471 | 243 372 005 -, apoio social - 243 304 419 | 243 304 425 | 243 304 406 -, apoio ao migrante - 243 304 409 , apoio emocional/psicológico - 243 304 411 | 243 304 623 | 243 304 624 | 243 304 632 | 243 304 654 -, nos dias úteis, das 09h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30.

Estão ainda ativas as linhas de apoio à vítima de crime – 243 356 505 | 961 039 168 – e da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Santarém - 243 356 500.

No caso dos migrantes, será prestada ajuda no agendamento junto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, no encaminhamento social, nos processos de nacionalização, no reagrupamento familiar, no retorno voluntário ao país de origem e na informação e encaminhamento na área laboral.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 594 visitantes e 0 membros em linha