PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

Uma patrulha da GNR de Samora Correia, no concelho de Benavente, foi agredida na tarde desta quarta-feira, 25 de março, após um dos militares ter advertido um grupo de quatro pessoas que estava a consumir álcool na via pública, junto a um café situado próximo da rotunda da BP, para o facto de estarem a desrespeitar o plano de emergência.

Slide thumbnail

Segundo a GNR, após a advertência, um homem e uma mulher jovens recusaram sair e injuriaram e ameaçaram um dos militares com palavras ofensivas. Com voz de detenção, o homem começou a agredir um militar, tendo o mesmo reagido. A patrulha teve de recorrer à força física para dominar o indivíduo e a mulher contando com a ajuda de populares.

Já no posto da GNR de Samora Correia foram necessários reforços para conter o casal, que recusava cumprir a ordem de detenção, mas ambos acabaram detidos à guarda da GNR e a aguardar eventuais medidas de coação aplicadas pelo tribunal.

Os militares sofreram ferimentos ligeiros mas não receberam tratamento hospitalar devido à atual situação relacionada com o Covid-19.

Segundo foi possível apurar, o homem tem antecedentes criminais e vive na zona do Porto Alto.

A GNR já anunciou que vai intensificar a fiscalização do cumprimento do estado de emergência de modo a minimizar o risco de contágio do novo Coronavírus.

Recorde-se que já esta manhã, como a Rede Regional avançou, a PSP de Tomar deteve dois homens pelo crime de desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário, previsto no Estado de Emergência em vigor.



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 1056 visitantes e 0 membros em linha