PUB

chamusca covid

PUB

banner cms vamostodosficarbem

Um toxicodependente de 47 anos, residente em Benavente, foi acusado da prática de vários crimes de violência doméstica sobre a própria mãe e uma irmã, e vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

Slide thumbnail

A medida de coação foi determinada por um juiz de instrução criminal do Tribunal de Santarém, onde o arguido foi presente depois de ter sido detido em flagrante delito a tentar agredir as vítimas na sua casa, provocando estragos no mobiliário e insultando-as e ameaçando-as de morte.
A mãe tem 86 anos, ao passo que a irmã tem 60 anos e sofre de uma doença grave.
Segundo uma nota da Procuradoria do Ministério Público (MP) do Tribunal da Comarca de Santarém, o arguido não tem emprego, é toxicodependente e “já havia sido objeto de injunções aplicadas em processo crime por factos idênticos e de anterior acusação por crimes de extorsão”.
O homem já havia provocado pequenos incêndios na habitação por adormecer a fumar na cama, “criando perigo para as pessoas e bens”.
A prisão preventiva foi decretada face às evidências de “perigos para a aquisição, conservação e veracidade da prova”, à possibilidade de continuação da atividade criminosa e de perturbação da ordem e tranquilidade públicas, e do facto do arguido não ter emprego e está desenraizado social e familiarmente.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 455 visitantes e 0 membros em linha