PUB

chamusca covid

PUB

banner cms vamostodosficarbem

Maria Inês Carvalho, a menina do Cartaxo que sofria de leucemia mieloide aguda, faleceu esta quinta-feira, 2 de janeiro, a 2 dias de um espetáculo preparado para recolher fundos para ajudar no seu tratamento.

Slide thumbnail

A notícia foi confirmada ao início da noite pelo Gabinete de Comunicação do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo, numa publicação que já conta com inúmeros comentários de pesar.

“O Agrupamento está de luto pela partida da nossa aluna Maria Inês. O seu sorriso acompanhar-nos-á sempre”, pode ler-se num posto onde são apresentados pêsames à família. “Menina guerreira descansa em paz. Os nossos corações e vozes ficaram silenciados”, diz a mesma publicação.

O presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, também já comentou a morte de “uma lutadora”. “A vida foi muito injusta para com a Maria Inês. Um abraço fraterno e solidário para os pais, para toda a família e amigos. Um drama que vivemos todos de perto e que no sábado iria juntar uma comunidade inteira num concerto solidário. Que descanses na paz que bem mereces”, escreveu.

Refira-se que o Centro Cultural do Cartaxo ia ser palco no dia 4 de janeiro, a partir das 21h30, de um concerto solidário para ajudar Maria Inês, de 14 anos. O concerto “Sorrisos para a Maria Inês”, com direção de Rolando Ferreira, contaria com a participação da Filarmónica de Chãs (Leiria), da Filarmónica de Pragança (Cadaval), do Coro do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo e de alguns convidados.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 693 visitantes e 0 membros em linha