Um homem de 72 anos vai aguardar julgamento com vigilância eletrónica, estando acusado pelo Ministério Público dos crimes de violência doméstica e posse ilegal de arma.

Slide thumbnail

O arguido, residente no concelho de Ourém, foi detido pela GNR no âmbito de uma denúncia por violência doméstica, em que os militares ainda encontraram a vítima, uma mulher também de 72 anos, perto da casa do casal, a queixar-se de ter sido agredida e ameaçada com uma arma de fogo, pelo próprio marido.
No interior da residência, a patrulha encontrou e apreendeu “uma pistola de calibre 6,35mm, por falta de licença de uso e porte de arma, bem como duas catanas”, explica um comunicado de imprensa do Comando Territorial de Santarém da GNR.
Além de ser controlado pela pulseira eletrónica, o suspeito, que foi ouvido em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Santarém, ficou ainda proibido de se aproximar da mulher.