PUB

chamusca covid

PUB

cms pascoa

Um trio suspeito de ter sequestrado e assaltado com violência um homem na Praça Egas Moniz, junto à escola secundária Sá da Bandeira em Santarém, vai começar a ser julgado no tribunal da cidade.

Os arguidos, dois homens de 42 e 44 anos, e uma mulher de 40, estão acusados de um crime de roubo, um de sequestro e outro de burla informática nas comunicações.

Os factos remontam a 12 de Maio de 2010, quando, pelas 20h30, um dos arguidos abordou a vítima que estava dentro do seu carro, na Praça Egas Moniz, com a desculpa de lhe cravar um cigarro. O cúmplice surgiu então pelo lado da porta do condutor e puxou o homem para fora da viatura, onde foi agredido a pontapé e ameaçado de morte com uma arma branca.

De seguida, os ladrões tiraram-lhe a carteira e exigiram o código do cartão multibanco, enquanto a mulher passava revista ao interior do carro, de onde roubou um aparelho GPS e um telemóvel.

Após terem obrigado a vítima a fornecer o PIN secreto, um dos suspeitos deslocou-se a uma agência bancária e fez um levantamento de 400 euros, enquanto os outros dois retiveram o homem no local do crime, sempre com a navalha apontada.

Os ladrões só largaram a vítima quando o terceiro elemento chegou com o dinheiro.

Após a queixa do lesado, a PSP de Santarém identificou os três presumíveis autores do crime, dois deles residentes em Santarém e o terceiro no bairro de Alfange. Todos têm antecedentes criminais e são suspeitos de estarem envolvidos em outros assaltos.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 362 visitantes e 0 membros em linha