PUB

chamusca variacoes

PUB

cms generico


A empreitada de construção da nova unidade de saúde dos Foros de Salvaterra, no concelho de Salvaterra de Magos, tiveram início durante o mês de Abril.

A obra, que está a ser feita num terreno cedido pela Câmara Municipal, foi adjudicada è empresa Costa & Carvalho, S.A., tem um prazo de execução previsto de 210 dias e traduz-se num investimento total que ronda os 513 mil euros.

"Fomos persistentes, convictos e aguerridos na luta de mais de 10 anos por esta obra", afirma a presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, Ana Cristina Ribeiro, para quem esta nova unidade "vem dar dignidade aos cuidados de saúde que passam a ser prestados na freguesia, com condições adequadas para os profissionais que nela passarão a desempenhar a sua missão de cuidar do bem-estar de cada utente".

"Foram muitos os anos em que, lado-a-lado com a Junta de Freguesia, insistimos e persistimos para que os sucessivos governos passassem esta obra do plano intencional, onde foi prometida a cada novo ano, para uma implementação concreta no terreno", recordou a autarca, sublinhando que a sua concretização é uma vitória da luta levada a cabo pela população.


A Comissão de Utentes de Concelho de Benavente (CUSB) convocou uma vigília à porta do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) para a próxima segunda-feira, 22 de abril, a partir das 20 horas.

A manifestação vai realizar-se precisamente no dia em que o SAP vai deixar de ter serviço de urgências, passando a ter apenas um serviço de consultas de recurso durante 24 horas mas só para utentes sem médico de família.

Segundo um comunicado da CUSB, já houve informação telefónica para os bombeiros de Benavente deixarem de levar utentes para estas urgências, devendo encaminhá-las diretamente para o hospital de Vila Franca de Xira.

A vigília de protesto realiza-se para exigir que o SAP permaneça em funcionamento no espaço concebido para as urgências, serviço que deve continuar "a servir as populações dos concelhos de Benavente e de Salvaterra de Magos com os meios e a qualidade de um serviço desta natureza", esclarece o comunicado.

Considerando ser horas de cerrar fileiras", a comissão solicita a toda a população que compareça com uma vela para exigir o "direito à saúde de qualidade e proximidade".

"A doença acontece em qualquer momento e não escolhe pessoas nem espera que passem as crises nem resultados das eleições", salienta ainda o comunicado do CUSB.


A rotunda em frente ao W Shopping, em Santarém, foi o local escolhido pela equipa ASAS para levar a cabo uma ação de solidariedade no âmbito da iniciativa "um dia pela vida" da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

Durante vários minutos, vários membros desta equipa, acompanhados de muitas crianças, brindaram os condutores que passavam na zona com cartazes que pediam para sorrirem.

Em declarações à Rede Regional, Cláudia Coutinho disse explicou que esta atividade inseriu-se na campanha da LPCC, que teve início em Santarém a 2 de Fevereiro e que durará até 22 de Junho.

Cláudia Coutinho acrescentou ainda que existem 77 equipas no terreno com o objetivo de angariar o maior número de fundos possíveis, donativos que já ascenderam a mais de 33 mil euros e que continuam a aumentar.

Mais artigos...

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 719 visitantes e 0 membros em linha