PUB

chamusca covid continua

PUB

santarem embreve

Imagem de Arquivo / Ilustrativa

A autoridade de saúde identificou um idoso infetado com covid-19 num lar ilegal na freguesia de Atalaia (Vila Nova da Barquinha) que tinha o triplo dos utentes permitidos.

Slide thumbnail

Citada pela agência Lusa, a delegada de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, explicou que o local de acolhimento devia ter três pessoas, mas que tinha nove, e o idoso que acusou positivo está hospitalizado e os demais utentes confinados no local.

Também ouvido pela Lusa, o presidente do município de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire, adiantou que os outros oito utentes daquele espaço clandestino vão ser sujeitos a testes esta terça-feira, testes que serão extensíveis aos funcionários que fazem o acompanhamento habitual a estes idosos.

Para o autarca, as principais preocupações relativas a esta situação, além da ilegalidade, é a de "representar um perigo para a saúde e a segurança dos seus utentes”, uma vez que “o lar não possui alvará e não têm acordos com a Segurança Social”, logo “as condições de ajudas técnicas, saúde, ajudas sociais e de conforto serão muito primárias".

“Segundo informação médica, [o lar] irá permanecer aberto até à conclusão definitiva dos testes, mas em isolamento social, sem prejuízo das medidas a implementar pelas autoridades competentes", acrescentou Fernando Freire à Lusa.



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

  • jorge_malacas.jpg

PUB

rede regional banner contactos essenciais

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 756 visitantes e 0 membros em linha