PUB

chamusca covid

PUB

banner cms vamostodosficarbem

O Bloco de Esquerda remeteu várias questões com caráter de urgência à Ministra da Saúde, Marta Temido, relativamente à “necessidade imperiosa” de requalificação da urgência médico cirúrgica do Hospital de Abrantes.

Slide thumbnail

“Qual a razão para o atraso nas obras de ampliação de requalificação do serviço de urgências do hospital de Abrantes?” ou “vai ou não o Governo avançar para este investimento?” são duas das perguntas deixadas ao Ministério pelos deputados Moisés Ferreira e Fabíola Cardoso, esta última eleita pelo círculo de Santarém.
“Embora tenham sido efetuadas algumas obras, a exiguidade do espaço é evidente, assim como a falta de recursos humanos. Nada disto é desconhecido da tutela”, consideram os deputados, acrescentando que, numa das reuniões que o BE teve com o conselho de administração do CHMT, “este órgão revelou que iria apresentar à tutela a requalificação e alargamento da urgência.
Os deputados recordam ainda que, a 25 de novembro de 2017, na presença do então secretário de Estado da Saúde Manuel Delgado, “foi apresentado o pré projeto de requalificação integrado numa candidatura a fundos comunitários, num valor de investimento previsto de cerca de 6,5 milhões de euros para intervenção nas três unidades do CHMT”, e que destes “cerca de 1,5 milhões seriam alocados à intervenção para requalificação e alargamento da UMC” até ao final de 2019.
No documento entregue na Assembleia da República, o BE recorda ainda que a 28 de Novembro de 2018, o presidente do CA do CHMT disse publicamente que as dificuldades no início das obras se deviam às “complexidades técnicas” que condicionaram o desenvolvimento do projeto de intervenção tendo, no entanto, assegurado que os mesmos estavam concluídos e em fase de começar a preparar o caderno de encargos.
Informou ainda que as mesmas iriam ter um orçamento de cerca de 2,1 milhões de euros, e começariam na primavera de 2019, mas, segundo o Bloco, “cerca de um ano depois do último anúncio de requalificação, não só nada avançou como não é do conhecimento público para quando está previsto o início da mesma”.

 



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 847 visitantes e 0 membros em linha