PUB

chamusca feira

PUB

insantarem

Cinco médicos internos que estiveram a concluir a sua especialização no Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) tiveram resultados excelentes no exame final, tendo quatro deles ultrapassado os 19 valores.

Slide thumbnail

Inês Santos na especialidade de Medicina Interna, com 19,89 Valores; Rui Assis, na especialidade de Medicina Interna, obteve 19,78 Valores; Tiago Alves na especialidade de Medicina Interna, com 19,57 Valores; Rachele Escoli, na especialidade de Nefrologia, com 19,80 Valores e Raquel Pires Marques na especialidade de Ortopedia, com 18,89 Valores, estiveram entre os melhores do país.
Rachele Escoli obteve mesmo o segundo lugar nacional, a 0,01 do primeiro lugar, o que deixa a diretora do Serviço de Nefrologia do CHMT, Ana Vila Lobos, bastante satisfeita. “Tem um futuro promissor na Nefrologia, sei que é capaz de grandes voos mas o que nos deixa particularmente felizes é o seu desejo em ficar no CHMT”, afirma a responsável, salientando ainda “os fortes relacionamentos interpessoais que estabelece e que atestam as suas admiráveis qualidades humanas”.
Já o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, Carlos Andrade Costa, refere que estas classificações representam “a qualidade da formação realizada por estes internos e são o testemunho da idoneidade e capacidades formativas do CHMT nas diferentes especialidades clínicas”.
Este ano o Centro Hospitalar do Médio Tejo foi escolhido, pela primeira vez, como local de realização de exames nacionais finais das especialidades de Medicina Interna, Pediatria Médica, Patologia Clínica e Cirurgia Geral, onde prestaram prova médicos internos provenientes de várias Instituições hospitalares do Serviço Nacional de Saúde.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Quem está Online?

Temos 466 visitantes e 0 membros em linha