Os problemas de assistência médica no concelho de Alpiarça poderão ficar parcialmente resolvidos a partir da próxima semana, altura em que entram ao serviço do centro de saúde local dois médicos cubanos.

A garantia é do presidente da Câmara Municipal de Alpiarça, Mário Pereira que, em comunicado, não esconde a sua satisfação com a vinda dos médicos, que permitirá resolver uma situação que se arrastava há mais de dois meses, desde que a saída de outros dois médicos cubanos deixou cerca de 4.000 pessoas estava sem médico de família.

A ausência dos médicos durante mais de dois meses obrigou a ajustamentos no Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria, de forma a garantir a assistência médica aos utentes de Alpiarça, nomeadamente com recurso ao Centro de Saúde de Almeirim.