PUB

chamusca variacoes

PUB

cms generico

O partido ecologista “Os Verdes” denunciou esta semana o preocupante processo de eutrofização da Vala Real de Alpiarça, situação que se verifica essencialmente no troço daquele curso de água que percorre o concelho de Almeirim.

A eutrofização, que se traduz na presença de uma espécie de algas verdes, traduz a presença excessiva de nutrientes nas águas e tem implicações muito negativas para a qualidade das mesmas e para os ecossistemas.

Segundo “Os Verdes”, esta situação de degradação é em muito agravada, neste período do ano, pelo aquecimento, mas também pela estagnação das águas provocada pelos dois açudes existentes neste troço da vala, um localizado a alguns metros a jusante dos pilares da ponte Salgueiro Maia e o outro, o açude do Pego da Rainha, localizado a cerca de 250 metros a jusante da ponte do Casal Branco.

Os ativistas do partido alertam para o facto de estes açudes, construídos com fins piscatórios, pela Câmara Municipal de Almeirim, estarem atualmente impraticáveis para a pesca, devido precisamente ao estado de eutrofização em que se encontram.

Estas preocupações levaram o partido a enviar um requerimento ao Governo, para que o Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território diga se tem conhecimento das origens desta poluição, se acompanha o estado dos efluentes, rejeitados para o meio, pela ETAR de Almeirim/Alpiarça, gerida pela Empresa Águas do Ribatejo, se tem algum levantamento de outros potenciais fontes poluidoras e se não seria imprescindível haver uma intervenção nos açudes, por forma a garantir uma maior fluência das águas



PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 710 visitantes e 0 membros em linha