PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

Utentes das extensões de saúde de Granho e Muge, ambas no concelho de Salvaterra de Magos, manifestaram-se esta sexta-feira, 25 de novembro, em frente à sede do Agrupamento de Centros de Saúde Lezíria II, em Almeirim, em protesto contra o encerramento das duas unidades.

O ato mais simbólico do protesto foi a entrega de um caixão aos responsáveis do agrupamento, uma forma de sensibilizar para a necessidade de reabrir aqueles serviços. No entanto, o encontro entre representantes dos manifestantes e responsáveis do agrupamento não correu bem, com ambas as partes a trocarem acusações.

Teresa Faria, porta voz destes utentes, em declarações à Agência Lusa, citadas por vários jornais, diz que saiu indignadíssima do encontro mantido com a coordenadora do ACES Lezíria II, Luísa Portugal, entendendo que existe má fé na insistência de que não existem condições para a reabertura daquelas duas extensões de saúde, encerradas há mais de um ano.

Na resposta, Luísa Portugal reconheceu que a situação atual não é a melhor para os utentes, mas assegurou que, dada a escassez de recursos humanos, sobretudo de médicos, a concentração das consultas na extensão de saúde de Glória do Ribatejo é a melhor solução face às circunstâncias.



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Quem está Online?

Temos 635 visitantes e 0 membros em linha