PUB

chamusca covid continua

PUB

cms riscos

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Ribatejo inicia este mês um rastreio aos diabéticos inscritos nos seus centros de saúde. Os doentes serão convocados com cerca de duas semanas de antecedência, através de carta proveniente da unidade de saúde, indicando o dia, a hora e o local do rastreio.

Os primeiros entre os quase 150 mil utentes do ACES Ribatejo a serem chamados serão os diabéticos de Rio Maior e Azambuja (novembro e dezembro), seguindo-se Cartaxo (dezembro e janeiro), Golegã (janeiro) e Santarém (de janeiro e fevereiro). Caso o doente não seja contactado, deve informar-se durante o mês correspondente junto da secretaria da unidade de saúde a que pertence.

Em comunicado, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo justifica o rastreio com o facto de a retinopatia diabética se uma séria complicação da Diabetes Melittus, podendo inclusivamente conduzir à cegueira do doente se não for atempadamente diagnosticada.

Nestes rastreios, no caso de um resultado positivo, os utentes serão gratuitamente acompanhados por especialistas

Com cerca de 149.000 utentes, o ACES do Ribatejo desenvolve atividades de prevenção da doença, de prestação de cuidados na doença e outros serviços de continuidade de cuidados, fazendo ainda vigilância epidemiológica, investigação em saúde, controlo e avaliação de resultados e participa na formação de diversos grupos profissionais, adianta o comunicado.



banner fiqueemcasa

 

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 785 visitantes e 0 membros em linha