PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos


A falta de informação por parte do governo sobre as negociações da revisão da PAC ou da concretização de legislação que regule a relação entre a produção, a indústria e a distribuição foram os principais problemas apontados aos deputados do PS por parte das três grandes empresas do sector agro-alimentar que os eleitos visitaram.

A Oirvárzea, no concelho de Salvaterra de Magos, a Torriba, em Almeirim, e a Hortomelão, de Santarém, foram as três unidades produtivas visitadas pela comitiva socialista que, pela voz de António Serrano, actual deputado e ex-ministra da Agricultura, considerou “intolerável” a indefinição que envolve a nova PAC 2013 – 2020 e coniderou que “o governo deve esclarecer rapidamente o que se prepara para negociar em nome dos produtores nacionais”.

Por parte da Orivárzea, além das questões que envolvem a organização do sector do arroz, o presidente da empresa apontou a falta de água como um dos grandes problemas que enfrenta. Segundo António Madaleno, a retenção de água em Espanha “está a resultar num grau de salinidade cada vez maior das águas do Tejo, o que dificulta o desenvolvimento das culturas”.

O mesmo problema foi apontado pelo director da Torriba, Gonçalo Escudeiro, como sendo uma “grave condicionante à cultura de tomate e de outros hortícolas na região da Lezíria”.

“Enquanto Espanha prossegue com a sua política de transvases e de retenção de águas, empobrecendo as nossas reservas hídricas, em Portugal ninguém sabe o que pensa o governo sobre o assunto, ou como está a acompanhar essa situação”, lamentou António Gameiro, presidente da Federação Distrital do PS de Santarém, criticando o actual executivo PSD / CDS por falta de acção em matérias de política ambiental.

Carlos Ferreira, da Hortomelão, que se situa no Verdelho, a poucos quilómetro de Santarém, criticou também o que considerou ser a “falta de disponibilidade” deste governo para ir ao encontro do agricultores e informá-los acerca das medidas que estão a ser adoptadas para defender o sector agrícola.

Os deputados António Serrano, Idália Serrão e João Galamba garantiram que as informações recolhidas nesta visita, realizada na quinta-feira, 30 de Agosto, vão ter eco na Assembleia da República através de questões que serão dirigidas ao Ministério da Agricultura.

Ricardo Gonçalves é o melhor candidato do PSD à Câmara de Santarém. É esta pelo menos esta a opinião da maioria dos leitores do Rede Regional que ao longo da última semana votaram no nosso inquérito.

Em resposta à pergunta “Qual o melhor candidato do PSD à Câmara de Santarém?”, Ricardo Gonçalves obteve a preferência de 34,6% dos votantes (1085 votos), seguindo-se João Leite (32,3% e 1012 votos) e Luís Arrais (30.2% e 939 votos). Ramiro Matos (2,3% e 73 votos) e Nuno Serra (0,2% e 6 votos). 21 votantes (0,7%) optaram pela resposta “outro”.

O inquérito registou uma votação recorde de 3136 votos, com João Leite e Luís Arrais a estarem algum tempo à frente mas com Ricardo Gonçalves a terminar no primeiro lugar.

Após a conclusão deste inquérito já está um novo online. Desta vez estamos a perguntar qual é o melhor candidato do PS à Câmara de Santarém. Pode votar AQUI até sexta-feira, 7 de setembro.


O programa da Câmara Municipal de Coruche “casas com gente”, que visa atrair residente para o centro histórico da vila, conta com mais três famílias aderentes.

O contrato relativo à atribuição do subsídio por parte do município foi assinado entre os munícipes que apresentaram a respectiva candidatura e o presidente da Câmara, Dionísio Mendes, na reunião de Câmara de quarta-feira, 29 de Agosto.

Na mesma ocasião, a autarquia deliberou também abrir o segundo concurso deste ano para o mesmo programa, que tem como objectivo impulsionar a renovação de edifícios degradados e a recuperação do centro da vila, zona que nos últimos anos tem sofrido um decréscimo populacional mais acentuado, resultante do êxodo da população mais jovem para as zonas periféricas

Os incentivos dados pela Câmara visam impulsionar o mercado de arrendamento e de aquisição de habitação própria permanente, o que permite também que os proprietários rentabilizem os seus imóveis e requalifiquem o edificado no centro histórico.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Quem está Online?

Temos 670 visitantes e 0 membros em linha