PUB

chamusca natal

PUB

cimt slideshow

PUB

reino natal

PUB

elgalego 2019

O presidente da Câmara de Tomar, o social democrata Corvêlo de Sousa, vai continuar de baixa médica até ao dia 5 de Janeiro. O autarca apresenta sinais de cansaço, desgaste psicológico e problemas de estômago, o que o impede de estar à frente dos destinos da autarquia desde 23 de novembro.

A explicação para a ausência do presidente foi dada por fonte da concelhia do PSD de Tomar, citada pelo jornal O Mirante, que adianta ainda que o autarca tem o telemóvel desligado desde este dia.

Os destinos da autarquia estão agora a ser comandados pelo vice-presidente Carlos Carrão, que se tem reunido com as restantes forças políticas representadas na Câmara Municipal para elaborar as grandes opções do plano e orçamento para 2012, documento que vai ser discutido e votado esta segunda-feira, 12 de dezembro, em reunião de executivo camarário.

Coincidência ou não, a doença do presidente da Câmara de Tomar manifestou-se três dias antes de as concelhias de Tomar do PSD e do PS terem anunciado o fim da coligação estabelecida após as últimas eleições autárquicas de 2009 e que previa a partilha da gestão no executivo municipal.

O motivo para a ruptura teve a ver com o chumbo, por parte do PS, da revisão orçamental da autarquia na Assembleia Municipal. Os socialistas, que se tinham abstido na votação do mesmo documento na reunião do executivo da Câmara Municipal, viabilizando assim a sua aprovação, justificam a mudança do sentido de voto com o facto desta incluir nas contas da autarquia a dívida de 6,5 milhões de euros resultante do acordo com a Parque T.

Com o fim da coligação, o PSD passa a gerir o município de Tomar em minoria, já que detém apenas três dos sete mandatos. Recorde-se que nas autárquicas de 2009, o PSD venceu com maioria simples (34,96%), ficando com três eleitos no executivo, tendo os restantes sido conquistados pelo PS (20,89% e dois mandatos) e pelos Independentes por Tomar (19,99% e também dois mandatos).

O PS, através da presidente da concelhia, Anabela Freitas, já anunciou que vai votar contra o orçamento da câmara e abster-se quando for votado o orçamento dos Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento na reunião de segunda-feira.



PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

anuncio2020

PUB

cmcartaxo natal

PUB

PUB

politeama rainhadaneve

Quem está Online?

Temos 458 visitantes e 0 membros em linha