PUB

chamusca variacoes

PUB

cms generico

O Ministério da Administração Interna lançou esta quarta-feira, 16 de novembro, o projeto “Campo Seguro”, um programa para combater a criminalidade no meio rural, diminuindo o furto de fios de cobre, que este ano, até final de Agosto, representou um prejuízo superior a 22 milhões de euros.

O programa começa a funcionar esta quinta-feira nas zonas de maior risco, nomeadamente em campos e maquinaria agrícolas, armazéns e instalações elétricas da EDP, zonas que vão ser equipadas com sistemas de georeferenciação que permitam detetar em tempo real situações de furtos de fio de cobre e materiais agrícolas.

Santarém, Leiria e Porto são os três distritos mais afetados por este tipo de criminalidade que no ano passado ultrapassou as 3.700  ocorrências, sendo que um terço dos crimes ocorreram na via pública.

Recorde-se que sistema esteve a ser testado nas últimas semanas no distrito de Santarém com resultados que as autoridades consideram bastante positivos. Os equipamentos estarão ligados a uma sala de comando da GNR, que terá acesso em tempo real a qualquer tipo de movimentação e poderá atuar de imediato.

Segundo o ministério, há um conjunto de meios financeiros adstrito a este programa, sendo que as empresas envolvidas – EDP, PT, REFER e EPAL - vão avançar com valores até dois milhões de euros por ano para implementar este programa.



PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 570 visitantes e 0 membros em linha