PUB

chamusca covid responsavel

PUB

banner cms escola

O movimento “Mais Para Todos” emitiu um comunicado onde alerta para a presença “em número preocupante de insetos da espécie processionária do pinheiro, conhecida como lagarta do pinheiro, em vários jardins, espaços verdes e escolas do concelho de Benavente”.

Slide thumbnail

Segundo os autores da denuncia, trata-se “de uma praga danosa para as árvores e com elevados riscos para a saúde pública dos humanos e animais em contacto com os pelos urticantes que a lagarta possui e liberta para a atmosfera”.
Os eleitos do movimento na Assembleia de Freguesia de Samora Correia, Nelson Lopes e Paula Rego, levantaram a questão na última reunião deste órgão, e propuseram um plano de prevenção e ações de combate à praga com meios e técnicas utilizadas noutros locais.
Recordando que esta praga provoca reações alérgicas e infeções do foro dermatológico e respiratório, dizem ter provas de “casos de movimentação massiva de lagartas em espaços públicos e de fácil acesso a crianças e animais” em todo o concelho.
“Esta intervenção é tanto mais urgente porque estamos no período crítico da movimentação da lagarta, entre dezembro e maio, que é a fase mais perigosa pela possibilidade de contacto com a pele dos humanos ou animais”, explicam ainda, defendendo que a Câmara e a Junta de Freguesia de Samora Correia, em articulação com a Proteção Civil, devem criar zonas de proteção devidamente vedadas e identificadas.

 



praca maior 01

 

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

almeirim melao

Quem está Online?

Temos 398 visitantes e 0 membros em linha