PUB

chamusca covid responsavel

PUB

banner cms escola

“Só o sectarismo mesquinho justifica a votação que se verificou”, afirmou Fabíola Cardoso, deputada do Bloco de Esquerda eleita pelo círculo de Santarém, sobre o chumbo à proposta de construção de uma ponte no rio Tejo entre a Chamusca e a Golegã.

Slide thumbnail

Recorde-se que a inclusão da proposta no Orçamento de Estado foi travada com os votos contra do PS, Chega e Iniciativa Liberal, e a abstenção do PSD e CDS, e apenas com os votos favoráveis do BE, PCP e PAN.
“Só a construção de uma nova ponte responde às necessidades das pessoas, à economia e às reivindicações das autarquias locais”, considerou Fabíola Cardoso, para quem era “espectável que a proposta pudesse ter o acolhimento dos vários partidos, em especial daqueles que votaram favoravelmente a Resolução que recomendava ao governo a construção da ponte, e que foi aprovada por unanimidade na Assembleia da República.
“A aprovação desta proposta não obrigava nem comprometia nenhum deputado ou deputada com a votação final global do Orçamento de Estado, mas era um passo de gigante para começarmos a resolver o enorme estrangulamento que a atual ponte significa”, acrescentou ainda a deputada.

 



praca maior 01

 

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

almeirim melao

Quem está Online?

Temos 560 visitantes e 0 membros em linha