PUB

chamusca variacoes

PUB

carnaval santarem

O ProTejo – Movimento pelo Tejo, quer saber a posição exata do Governo sobre a revisão da Convenção de Albufeira, entre Portugal e Espanha, por considerar que tem havido sinais contraditórios.

Slide thumbnail

Citado pela agência Lusa, o porta-voz do ProTejo, Paulo Constantino, considera que as declarações à imprensa do ministro do Ambiente, Matos Fernandes, e o comunicado recente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) parecem não ir no mesmo sentido, pelo que o movimento quer saber exatamente qual a posição do Governo para a revisão da Convenção de Albufeira sobre recursos hídricos.

“Vamos tentar saber qual a posição definitiva do ministério e mostrar ao senhor ministro a nossa posição”, disse Paulo Constantino à Lusa, referindo-se à reunião que terá com o governante a 17 de dezembro.

O ProTejo defende que, mesmo mantendo os caudais anuais definidos na convenção, “podem ser distribuídos a 100% pelos trimestres, semanas e dias", transformando-se num caudal contínuo e regular.
Além disso, considera, há disponibilidades hídricas de Espanha para aumentar o caudal além do mínimo agora definido (2.700 hectómetros cúbicos).



PUB

PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

barquinha savel lampreia 2020

PUB

Quem está Online?

Temos 978 visitantes e 0 membros em linha