PUB

chamusca natal
Slide thumbnail

PUB

cimt slideshow

PUB

reino natal

PUB

elgalego 2019

A média mensal de passageiros nos transportes públicos no Médio Tejo cresceu mais de 10% entre abril e setembro deste ano, fruto do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART).

Slide thumbnail

Segundo a agência Lusa, que cita o secretário executivo da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), Miguel Pombeiro, o crescimento superior a 10% (em comparação com o período homólogo de 2018) desde o início da aplicação do PART, em abril, foi mais sentido no serviço ferroviário e no de transporte a pedido.

“Até ao momento, foram comparticipadas, no âmbito do PART, 5.165 assinaturas no serviço ferroviário e 6.325 no serviço rodoviário interurbano em operação no Médio Tejo”, disse Pombeiro à Lusa.

A CIMT está a avaliar, junto da CP, a possibilidade de alargamento da medida de redução tarifária no serviço ferroviário para as assinaturas flexipasse (título da CP para um número ilimitado de viagens, num percurso predefinido), que possuem grande relevância no território, em especial na relação com as CIM envolventes.

A CIMT aplicou cerca de 90% dos 870.984 euros do PART alocados à região na redução dos custos dos passes sociais e dos bilhetes nos transportes a pedido, com as assinaturas do serviço ferroviário (regional e inter-regional) e do rodoviário a baixarem 40%, o mesmo desconto aplicado sobre o valor pago pelos passageiros nas assinaturas de estudante do serviço rodoviário.

Na próxima segunda-feira arranca a implementação de novo serviço de transporte a pedido entre cidades do Médio Tejo (LINK).



PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

cmcartaxo natal

PUB

PUB

politeama rainhadaneve

Quem está Online?

Temos 783 visitantes e 0 membros em linha