PUB

chamusca covid

PUB

banner cms vamostodosficarbem

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou, por maioria, o orçamento para 2020, no valor de 10,3 milhões de euros, uma redução de 29% em relação ao corrente ano, justificada pelo decréscimo das receitas municipais de fundos comunitários na ordem dos 2,9 milhões.

Slide thumbnail

A autarquia rejeitou ainda a transferência de competências para as autarquias locais, pelo menos sem conhecer quais são os recursos humanos transferidos, quantos são e quais as receitas e despesas inerentes a estas transferências, bem como a interpretação dos diferentes diplomas.

Citado pela agência Lusa, o presidente da Câmara de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire, considera que este é "um orçamento de rigor, de estabilidade e de confiança", que reduz a aquisição de bens e serviços externos, por via de uma gestão mais rigorosa e criteriosa dos contratos existentes.

Na proposta de orçamento municipal para 2020, que ainda vai ser aprovada em sede de Assembleia Municipal, cerca de dois milhões de euros são destinados às funções sociais (cerca de 37%).

O orçamento aponta como objetivos fundamentais "o crescimento económico e a criação de emprego", com base "numa ação política municipal que prioriza a fixação das pessoas e a renovação das gerações".

Para o orçamento de 2020, o município de Vila Nova da Barquinha fixou o Imposto Municipal sobre Imóveis em 0,32% sobre prédios urbanos avaliados (e mantém a redução no IMI para agregados familiares com dependentes, de 20 euros, 40 euros e 70 euros, conforme o número de dependentes a seu cargo. Mantém-se a isenção da derrama a aplicar às empresas com sede no concelho de Vila Nova da Barquinha.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 890 visitantes e 0 membros em linha