PUB

chamusca arripiado

PUB

insantarem

A Direção Geral do Património Cultural (DGPC) deu parecer favorável à construção do Crematório de Santarém, uma decisão administrativa indispensável para as obras de construção e concessão da exploração do crematório, que ficará situado junto ao atual Cemitério dos Capuchos.

Slide thumbnail

Em comunicado, a Câmara de Santarém "entende ser urgente a construção do crematório, uma vez que, com este novo serviço, o Cemitério Municipal torna-se mais sustentável, aumentando a sua longevidade a médio e longo prazo (30 a 40 anos)".

Recorde-se que o município assinou o contrato com vista à conceção, construção e concessão da exploração do crematório a 8 de janeiro deste ano com a empresa Servilusa - Agências Funerárias, S.A. e FPC- Construções Lda, a única a formalizar uma proposta na sequência do concurso público realizado pela autarquia.

O custo de construção ronda os 611 mil euros, a que se somam os custos do investimento inicial, que contemplam também o projeto, estudos preparatórios e trabalhos específicos de apoio à obra e o equipamento para a exploração, num total previsto de 850 mil euros.

O crematório vai ser construído numa área plana, a nascente, em resultado do processo de ampliação do cemitério, adjacente ao muro limítrofe inferior do cemitério, com acesso viário pela Rua da Imaculada Conceição, no prolongamento da Rua Tenente Valadim e da Avenida António dos Santos.

As obras têm um prazo previsto de 260 dias (cerca de 9 meses).



opticenter rodape2

 

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 600 visitantes e 0 membros em linha