PUB

chamuca pedro dyonysyo

PUB

urbanidade

PUB

travessa frigideiras crime

Uma mulher, de 48 anos, foi encontrada sem vida ao final da noite de domingo, 27 de janeiro, pouco antes da meia-noite, na Travessa das Frigideiras, no centro histórico de Santarém.

A vítima, de nacionalidade brasileira, foi encontrada já sem vida no interior da residência e, segundo a PSP, “há fortes suspeitas de se tratar de homicídio”. A polícia confirma que a vítima foi encontrada “já cadáver, mas com indícios de a morte não se ter registado há muitas horas”.

Segundo a Rede Regional conseguiu apurar, o alerta foi dado por um amigo da vítima, que a tentou contactar várias vezes, sem sucesso, tendo então abordado um vizinho da residência onde esta se encontrava, que alertou as autoridades cerca das 23h30.

Quando as equipas de socorro chegaram ao local, o cenário era de enorme violência, com bastante sangue espalhado por vários locais, pelo que, após confirmação do óbito, os operacionais dos Bombeiros de Santarém e da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Santarém optaram por nem sequer mexer no cadáver para não comprometer eventuais pistas ou indícios.

Já esta manhã, a polícia teve conhecimento de que a vítima, que residia no Bairro do Girão, nos arredores da cidade, teria um filho que sofre de Síndrome de Down, tendo entrado na habitação mas não encontrou a criança.

O corpo removido para o Instituto de Medicina Legal para ser autopsiado e o caso foi entregue à Polícia Judiciária, que está no local com vários operacionais a recolher indícios.

travessa-frigideiras



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Quem está Online?

Temos 783 visitantes e 0 membros em linha