chamusca voulevartecomigocms banner carnaval

Sociedade

acidentefotoutil01

Dois acidentes ocorridos quase em simultâneo no concelho de Vila Nova da Barquinha e na A13, entre Almeirim e Salvaterra de Magos, provocaram uma vítima mortal e três feridos, dois deles em estado grave.

Na Estrada Nacional 110, em Atalaia, Barquinha, um choque entre um ciclomotor e uma bicicleta provocou a morte ao condutor deste último veículo, que tinha 53 anos e não resistiu aos ferimentos provocados pelo embate.

O alerta para o acidente foi dado às 20h52, e a EN110 esteve cortada enquanto duraram as operações de socorro.

O condutor do veículo motorizado, de 39 anos, sofreu ferimentos graves e foi transportado ao Hospital de Abrantes, depois de ter sido estabilizado no local.

O socorro envolveu 11 elementos dos bombeiros da Barquinha, apoiados por quatro viaturas, e a VMER do Médio Tejo.

Na A13, pelas 20h41, o despiste de um ligeiro de passageiros causou também dois feridos, um deles em estado grave.

O acidente ocorreu ao quilómetro 71, entre os concelhos de Almeirim e Salvaterra de Magos, no sentido sul – norte, e o socorro mobilizou 5 viaturas dos bombeiros, duas viaturas médicas e a GNR, num total de 16 operacionais.

gnr algemas

Um homem de 68 anos foi detido por militares do posto territorial de Fátima da GNR por tráfico de estupefacientes na localidade de Aljustrel, concelho de Ourém.

A detenção ocorreu no âmbito de uma ação de patrulhamento preventivo, quando os militares abordaram um veículo, tendo o condutor adotado um comportamento suspeito, vindo-se a verificar que o mesmo tinha na sua posse 52 doses de heroína e 287 euros em numerário.

O suspeito, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, tendo inclusive já cumprido pena de prisão efetiva, foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Ourém.

comissao distrital protecao civil

A Comissão Distrital de Proteção Civil reuniu esta terça-feira, 20 de fevereiro, para preparar e dar cumprimento à resolução da Comissão Nacional de Proteção Civil, de 8 de fevereiro de 2019, no que diz respeito ao cumprimento do decreto-lei n.º124/2006, focado nas Redes Secundárias das Faixas de Gestão de Combustível.

A reunião, que se realizou na Câmara do Entroncamento, juntou representantes das câmaras municipais do Médio Tejo e Lezíria do Tejo, representantes distritais da Polícia de Segurança Pública, Guarda Nacional Republicana, Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Infraestruturas de Portugal, Serviços Municipais de Proteção Civil, entre outras entidades convidadas.

Recorde-se que a gestão dos combustíveis nos espaços rurais é realizada através de faixas e de parcelas, em locais estratégicos para a prossecução de determinadas funções, onde se procede à modificação e à remoção total ou parcial da biomassa presente.

Estas ações têm como finalidade primordial aumentar a segurança de aglomerados populacionais, parques de campismo e polígonos industriais contra os incêndios rurais.

FLORESTA SEGURA ARRANCOU EM SANTARÉM

Entretanto, a primeira fase da Operação Floresta Segura 2019, levada a cabo pelo Comando Geral da Guarda Nacional Republicana, arrancou esta sexta-feira, 22 de fevereiro, no concelho de Santarém.

Esta ação permite às autoridades militares competentes, efetuar o devido levantamento das eventuais anomalias e infrações no âmbito da legislação que regulamenta o ordenamento florestal e a gestão de combustível, no território municipal.

Este ano, pela primeira vez, é apresentado um posto móvel da GNR guarnecido de meios informáticos e humanos, que irá percorrer todas as freguesias, numa missão de sensibilização junto da população, esclarecimento de dúvidas e a sensibilização dos proprietários e usufrutuários de terrenos.

floresta segura2019

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves