chamusca voulevartecomigocms banner carnaval

santaremhospitalentradaamb

Dos três elevadores para o acesso de familiares e demais utentes aos pisos de internamento do Hospital de Santarém, apenas um está a funcionar, numa situação que se arrasta desde o dia 9 de janeiro.

A avaria dos ascensores está a provocar um grande descontentamento a quem tem que se deslocar ao Hospital para prestar assistência a familiares ou mesmo para visitar alguém que esteja internado.

“Todos os dias tem sido um amontoado de gente à espera de elevador, sobretudo à hora das visitas, e as queixas são muitas”, explicou à Rede Regional um funcionário do Hospital, que pede reserva de identidade, acrescentando que há pessoas a subir a pé, pelas escadas, algumas mais idosas e carregadas com sacos, para aceder aos pisos superiores de internamento.

“Entre esperar meia hora pelo único elevador que está a funcionar ou subir a pé, acabam por optar pela segunda”, acrescenta.

Questionado pela Rede Regional, o conselho de administração (CA) do Hospital explica que os elevadores estão parados por razões de segurança.

“Com o início dos trabalhos da nova empresa de manutenção de elevadores no princípio de 2019, foi detetado uma anomalia em dois elevadores do edifício do internamento no dia 9 de janeiro”, explica Ana Infante, a presidente do CA.

A situação “punha em causa não só a segurança dos utentes como a dos funcionários desta unidade hospitalar”, informa a gestora, acrescentando que “foram de imediato acionadas as medidas de segurança previstas, levando à sua imobilização”.

No entanto, a administração do hospital não se compromete com um prazo para a situação estar resolvida.

“O Hospital está a resolver o problema em conjunto com as empresas prestadoras do serviço de manutenção, no sentido de anular a anomalia técnica verificada, por forma a garantir o mais breve possível o transporte vertical dos utentes e profissionais em segurança”, afirma ainda Ana Infante na resposta que enviou por e-mail à Rede Regional.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves