chamusca voulevartecomigocms banner carnaval

santaremprofessoresbesafe

Os parceiros do projeto internacional “BE.Safe”, que reúne educadores de vários países que trabalham com portadores de deficiências intelectuais, foram recebidos esta quarta-feira, 6 de fevereiro, no Convento de São Francisco, em Santarém.

O grupo, formado por cinco parceiros do projeto, sediado na Polónia (país coordenador) Portugal, Macedónia, Bélgica e República Checa, está em Santarém este mês para a realização de um curso para professores e auxiliares, coordenado por Ana Torres, professora da Escola Superior de Educação de Santarém (ESES) e Sílvia Canha, professora do Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano.

O projeto “BE.Safe”, cofinanciado no âmbito do programa Erasmus + KA2 Strategic Partnership, tem por objetivo capacitar os educadores a fornecer informações sobre crimes na Internet e capacitá-los a permanecerem seguros online.

“Os parceiros têm experiência diversificada no trabalho e representação de pessoas com deficiências intelectuais e combinam os seus conhecimentos ao colaborar no projeto”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Santarém, que acrescenta que “os parceiros vão recolher estudos de casos que darão exemplos de situações em que pessoas com deficiências intelectuais podem ser vítimas de crimes na Internet”.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves