chamusca voulevartecomigocms banner carnaval

Cultura

benaventecarnaval

Desfiles diurnos e noturnos, bailes de mascarados e vacadas são apenas algumas das atividades do programa de Carnaval de Benavente, que se realiza entre os dias 1 e 6 de março.

Os festejos arrancam no dia 1, às 10 horas, com um desfile do agrupamento de escolas pelas ruas da vila.

No dia seguinte, tem lugar a coroação dos reis no centro cultural de Benavente, às 21 horas, a que se segue um desfile noturno às 22h30 e um baile de Carnaval, a partir da meia noite, no mesmo local.

Nos dias 3 e 5 de março, sempre a partir das 15 horas, realiza-se um grande desfile na avenida principal da vila com a participação de coletividades, associações e os reis do carnaval, a que se segue, pelas 16h30, uma vacada junto ao centro escolar.

No dia 4, às 21h30, há uma noite de carnaval com karaoke no centro cultural, e no dia 6 de março, também às 21h30, decorrerá o “Enterro do Santo Entrudo”, desde o parque 25 de Abril até ao Largo do Calvário.

torresnovasfilmefidalga

“Fidalga” é o nome da curta-metragem que Flávio Ferreira vai apresentar em estreia no auditório da biblioteca municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas, no próximo dia 1 de março.

Durante a tarde, as sessões são dirigidas a alunos do ensino secundário, ao passo que a sessão para o público está marcada para as21h30.

Já com uma bolsa EDP ganha em 2015, Flávio Ferreira é um jovem realizador natural da aldeia da Mata, no concelho de Torres Novas, local onde foi filmado “Fidalga”, que em 2015 estreou no “IndieLisboa” (Festival Internacional de Cinema Independente).

O trailer do filme, que conta com a participação de Margarida Moreira, Erica Rodrigues, Romi Soares, Rosa Quiroga e Jorge Albuquerque, pode ser visto em https://www.youtube.com/watch?v=erkauSrIDKU.

torresnovasespetaculomariontes

“5 fábulas para não adormecer” é o nome do espetáculo de marionetas para crianças que vai subir ao palco do Teatro Virgínia, em Torres Novas, no próximo dia 23 de fevereiro, às 11 horas.

Destinado a crianças em idade pré-escolar, a peça é da autoria de Caroline Bergeron, que decidiu lançar-se no duplo desafio de criar um espetáculo com conteúdo político adaptado à pequena infância, e experimentar, para além das técnicas da marioneta e do vídeo, linguagens visuais ainda pouco utilizadas no seu repertório, a luz e a sombra.

“Subterraneamente elaborado a partir de 5 dos 7 pecados mortais, o espetáculo, sem palavras, é composto por 5 fábulas que criticarão com humor algumas manias da nossa sociedade: a obsessão pelo poder, pelo dinheiro, pela competição e transformarão 2 pecados em virtudes: a gula e a preguiça”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Torres Novas.

Os bilhetes têm o custo de 3 euros por pessoa, e a lotação é limitada a 80 lugares, sendo que, nos dias 21 e 22 de fevereiro, haverá sessões para escolas.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves