chamusca-celia-barrocaurbanidade

Cultura

santaremleonorkeilsadaban

"Noite de Reis: dez personagens e um cão" foi o espetáculo que Leonor Keil levou ao teatro Sá da Bandeira em Santarém, nos passados dias 22 e 23 de fevereiro.

Numa interpretação a solo, Leonor Keil deu vida a dez personagens e um cão, numa peça criada pelo britânico John Mowat a partir da "Noite de Reis" de William Shakespeare, e onde, com grande versatilidade na troca de papéis, a dançarina transmitiu confusão, caos, troca de identidade, intriga, amor, luxúria, embriaguez, comportamento desenfreado, artimanha, demência, sedução e lascívia.

Leonor Keil nasceu em Lisboa, em 1973.

Como intérprete de dança, destaca-se a sua colaboração com Joana Providência, Madalena Vitorino, Marta Lapa, João Fiadeiro, Paulo Ribeiro, Francisco Camacho, José Wallenstein, Cláudio Hochman, John Mowat e Companhia TPO (Itália).

Na Companhia Paulo Ribeiro, da qual é intérprete regular desde 1995, foi-lhe atribuída uma Menção Honrosa pela sua interpretação na obra "Rumor de Deuses" nos "V Rencontres Chorégraphiques Internationales de Seine Saint Denis, 1996", e, em 1999, foi-lhe atribuído o prémio "Revelação - José Ribeiro da Fonte" pelo Instituto Português das Artes do Espectáculo.

Em 2002, foi uma das intérpretes escolhidas para participar no programa “Vif du Sujet” do Festival d’Avignon.

guerrilha urbana

Os alunos do grupo de teatro da Escola Alexandre Herculano e um aluno do curso de Artes de Espetáculo da Escola Secundária Dr. Ginestal Machado encerraram este sábado, 23 de fevereiro, a intervenção, oficina e performance "Guerrilha Urbana”, que se realizou em Santarém

Durante a manhã e num espaço temporal de quase duas horas, os jovens atores circularam pelas ruas do centro histórico, às vezes silenciosos, outras vezes dançando ou gesticulando, provocando reações aos transeuntes e pelo caminho entregavam um envelope com um cartão e um soldado questionando-os "Pelo que lutava na minha cidade?".

As respostas, colocadas no final da performance no monumento de homenagem a Salgueiro Maia, vão ser oferecidas aos responsáveis pela cultura da cidade.

Esta ação incluiu 4 dias de formação e duas performances com o ator, encenador e criador de textos para teatro, Ricardo Correia, e com bailarina, música, coralista e professora de dança, Rita Grade.

blaya david

A cantora Blaya e os músicos David Antunes e Fernando Daniel, a par da Orquestra Típica Scalabitana, são os nomes fortes do cartaz musical da e edição de 2019 das Festas de São José, em Santarém, que este ano se realizam entre os dias 15 e 19 de março (sexta a terça-feira).

O programa oficial ainda não foi apresentado mas a Rede Regional sabe que a primeira noite (15 de março) terá como artista principal Blaya, ex-vocalista dos Buraka Som Sistema, que estão parados desde 2016, altura em que passou a cantar apenas a solo.

No sábado, dia 16, é tempo da "prata" da casa, com o músico scalabitano David Antunes e a sua Midnight Band e com a Orquestra Típica Scalabitana.

Segunda-feira à noite, na véspera do feriado municipal de 19 de março, atua Fernando Daniel, participante na segunda edição do X Factor Portugal, vencedor do The Voice Portugal 2016, e quinto classificado no Festival RTP da Canção 2017.

O programa oficial completo será apresentado em breve.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves