chamusca voulevartecomigocms banner carnaval

Cultura

torresnovasbailecriancas

As inscrições para o baile dos petizes, que se realiza no âmbito da “Feira de Época” de Torres Novas, estão abertas até dia 8 de março, para crianças entre os 7 e os 12 anos de idade.

Limitadas a 30 participantes, as inscrições podem ser feitas através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , ou através do telemóvel 961 789 349.

Os ensaios vão decorrer no salão dos Bombeiros Voluntários Torres Novas durante os meses de março, abril e maio, estando a apresentação marcada para os dias 30 de maio, às 19 horas, e 1 de junho, às 21 horas, na Praça 5 de Outubro.

torresnovasfiarmonicariacho

A Sociedade Velha Filarmónica Riachense (SVFR), de Riachos, vai assinalar o seu 135º aniversário com um concerto comemorativo no dia 2 de março, sábado, às 21h30, no Teatro Virgínia, em Torres novas, num espetáculo que terá a participação especial do coro do Choral Phydellius.

A SVFR foi fundada em março de 1884, tendo feito a sua apresentação ao público constituída por 22 elementos.

Ao longo dos anos, evidenciou-se de tal modo que colaborava não só em quase totalidade das festividades religiosas da região, mas também em Santarém e noutras cidades.

Presentemente, tem em funcionamento uma escola de música, é constituída por cerca de 50 músicos e é dirigida pelo maestro Pedro Andrade.

santaremculturaquartotriplo

“Quarto Triplo” é o nome concerto sensorial que António Bexiga e Diogo Duro vão apresentar no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, no próximo dia 2 de março, a partir das 10 e 14 horas.

O espetáculo, para maiores de seis anos e acompanhados pelos pais, estrutura-se em torno de sessões intimistas para um máximo de três espetadores de cada vez, que são convidados a fazer uma viagem pelos sentidos de olhos fechados.

António Bexiga é um multi-instrumentista, compositor, arranjador e produtor que tem trabalhos em cinema, teatro, dança contemporânea, teatro de marionetas e performance.

“Faz oficinas regulares de exploração sonora e criatividade musical, construção de instrumentos e estratégias de composição instantânea e colaborativa, com crianças e adultos”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Santarém.

Ator, produtor, formador, técnico, construtor e palhaço, Diogo Duro foi programador e assistente de produção do Festival Ibero Americano de Palhaços “Semana dos Palhaços”, em Évora.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves