chamusca voulevartecomigocms banner carnaval

Cultura

constanciaautarcapolaco

Na próxima aula pública de carrilhão, que decorre esta sexta-feira, 25 de janeiro, a partir das 16 horas, em Constância, vai ser executada uma peça em memória de Pawel Adamowicz, o presidente da Câmara de Gdansk, na Polónia, que morreu após ter sido esfaqueado durante um evento de caridade, no dia 14 de janeiro.

No seguimento do homicídio, a compositora polaca Katarzyna Kwiecien-Dlugosz, natural de Gdansk, escreveu para carrilhão uma composição em sua honra, “Epitafium em memória de Pawel Adamowicz”, sendo esta a peça que vai ser interpretada carrilhanistas Ana e Sara Elias.

Presidente da Câmara de Gdansk durante 20 anos, Pawel Adamowicz foi um enorme apoiante da arte do carrilhão nesta cidade, tendo sido responsável pela aquisição de 3 carrilhões.

Recorde-se que sob o lema “Divulgação do Carrilhão e do Órgão, da sua Música e da Arte de os Tocar”, o Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão (CICO) de Constância promove todas as últimas sextas-feiras do mês, junto ao Anfiteatro dos Rios, uma aula pública de carrilhão.

radio

O Centro Social de Santa Ana, em Santana do Mato, no concelho de Coruche, recebe no dia 27 de Janeiro, pelas 16h30, a peça "Dias da Rádio", da Companhia Rituais Dell Arte, que conta com especial participação da cantora Romana. 

A peça irá recriar a importância da Rádio na década de 30, 40, 50 e 60 em Portugal e no Mundo. Vários programas da antiga Emissora Nacional Portuguesa serão recriados e nomes como Raúl Solnado, Tristão da Silva e Tony de Matos serão lembrados. 

O espetáculo fecha a iniciativa "O Teatro Vai às freguesias", promovida pelo Município de Coruche. 

As entradas são livres.

santaremcatabrisacultura

“Catabrisa” é o nome do espetáculo para famílias que a Cia Instável vai apresentar no Palácio Landal, em Santarém, no próximo sábado, 26 de janeiro, às 17 horas, naquele que será o próximo evento inserido na programação do “Santarém Cultura”.

“Catabrisa retrata a história de um menino que vive a maior das aventuras de sempre, a aventura de quem nasce e cresce com o corpo e a mente aos rodopios”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Santarém, que acrescenta que se trata de “um exercício de precisão coreográfica, um espetáculo entre a dança, o circo e o teatro, um espaço de ideias em forma de sensação, que prende o público desde o início”.

Ainda no que se refere ao “Santarem Cultura”, o Teatro Sá da Bandeira exibe duas sessões de cinema gratuitas do filme “No Escuro do Cinema Descalço os Sapatos” no dia 30 de janeiro, às 14h00, com prioridade para o público escolar, e às 21h30, para o público em geral.

O filme nasce do trabalho da realizadora Cláudia Varejão, acompanhou a Companhia Nacional de Bailado (CNB) durante doze meses, recolhendo as imagens que fazem parte do documentário, por ocasião da comemoração dos 40 anos da companhia.

No dia 2 de fevereiro, pelas 21h30, o Teatro Sá da Bandeira recebe o espetáculo “A Perna Esquerda de Tchaickovski”, com Barbora Hurskova, Mário Laginha e Tiago Rodrigues.

“O desafio que Luísa Taveira, diretora artística da CNB, lançou foi o de criar um espetáculo para uma bailarina que chega ao fim da sua carreira: Barbora Hruskova”, explica a mesma nota de imprensa, onde se lê que “o papel de Tiago Rodrigues e de Mário Laginha é o de traduzir para o palco, em colaboração com Barbora, esse momento definitivo dum corpo que está prestes a abandonar a dança”.

Assim, junta-se uma bailarina da CNB e um pianista, Mário Laginha, num espetáculo emocionante, que faz uma viagem também na história da dança e que marcará a primeira presença da CNB em Santarém.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves