chamusca voulevartecomigocms banner carnaval

Cultura

santaremculturaritagrade

O teatro Sá da Bandeira, em Santarém, vai receber a peça “Noite de Reis”, de John Mowat e Leonor Keil, no próximo dia 22 de fevereiro, às 14 horas, com prioridade para o público escolar, e no dia 23, às 21h30, para o público em geral.

Confusão, caos, troca de identidade, intriga, amor, luxúria, embriaguez, comportamento desenfreado, artimanha, demência, sedução e lascívia são conjurados por Leonor Keil na sua interpretação a solo que dá vida à galeria dos personagens cómicos de uma Noite de Reis de Shakespeare, numa peça que mete dez personagens e um cão.

Como intérprete de dança / teatro, Leonor Keil trabalhou com Joana Providência, Madalena Vitorino, Marta Lapa, João Fiadeiro, Paulo Ribeiro, Francisco Camacho, Amélia Bentes, José Wallenstein, Cláudio Hochman, John Mowat, Rafaela Santos e Giacomo Scalisi.

Na Companhia Paulo Ribeiro, da qual é intérprete regular desde 1995, foi-lhe atribuída uma menção honrosa pela sua interpretação na obra “Rumor de Deuses” nos “V Rencontres Chorégraphiques Internationales” de Seine Saint Denis, 1996, e, em 1999, foi-lhe atribuído o “Prémio Revelação – José Ribeiro da Fonte”, pelo Instituto Português das Artes do Espectáculo.

Os ingressos têm o custo de 7 euros.

santaremapernaesquerdatchai

O espetáculo de dança "A Perna Esquerda de Tchaikovski", com texto e encenação de Tiago Rodrigues, conseguiu esgotar o Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, no passado fim-de-semana.

Com música de Mário Laginha e interpretação de Barbora Hruskova, bailarina da Companhia Nacional de Bailado, o público assistiu a uma performance que parte da memória do corpo da bailarina e das marcas que essa vida na dança traçou no seu corpo.

“No palco, um piano, uma sapatilha apenas, uma barra, um enorme quadro de ardósia com palavras de uma vida (dedo partido, entorse fatal, tremor, tripla cirurgia, costela partida, montanha russa, afinador de pianos…), que é afinal a subversão de todos os espelhos e a luz”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Santarém.

Ao longo do espetáculo, a bailarina Barbora Hruskova foi desfiando memórias de espetáculos e de dores, desmistificando a ideia romântica da facilidade e leveza das interpretações das bailarinas em palco, e apresentando a outra face de um trabalho árduo e desgastante para o corpo.

corucheobservatorioexpo

"Ciência & Arte no Montado" é o nome da exposição de ilustração científica da autoria da bióloga Shirley van der Horst que vai estar patente no Observatório do Sobreiro e da Cortiça, em Coruche, a partir do dia 9 de fevereiro.

A mostra assinala o primeiro aniversário da “Ambios Portugal” – Associação Científica para o Desenvolvimento Sustentável e a Conservação da Biodiversidade, fundada e 29 de janeiro de 2018, em parceria com o município de Coruche.

“A exposição remete para o elevado valor natural do montado e para os serviços dos ecossistemas prestados pela fauna de vertebrados”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Coruche.

Do elenco de espécies, a exposição dá destaque à coruja-do-mato, espécie emblemática do montado e pela ligação cultural a Coruche, mas também a muitas outras espécies de vários grupos de fauna (aves, mamíferos, répteis, anfíbios, etc.).

O Observatório do Sobreiro e da Cortiça, que comemora este ano 10 anos de existência, tem ainda patente a exposição “Cork – New Uses in Architecture”, resultante de um workshop internacional focado no uso da cortiça como um material de construção de arquitectura.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves