chamusca-celia-barrocaurbanidade

Categoria: Cultura

A Câmara de Santarém quer que os habitantes do concelho continuem a sentir a Praça de Touros Celestino Graça como um fator determinante para o município e essa é uma das razões principais do apoio que a autarquia vai dar à associação Praça Maior, que gere os destinos do espaço desde o início do ano.

A explicação foi dada esta terça-feira, 26 de fevereiro, pela vice-presidente e vereadora com o pelouro da Cultura na Câmara de Santarém, Inês Barroso, que salientou a importância da festa brava para compreender a história do concelho e da região.

Para apoiar a tourada de 17 de março, que está integrada nas Festas de São José, a câmara comprou 10 mil euros em bilhetes (cerca de 1.300 entradas), que serão distribuídos pela população através das juntas de freguesia. Outras duas touradas a realizar durante a temporada taurina, terão apoio de 5 mil euros, cada.

Nesta primeira corrida da temporada, marcada para as 16h00, atuam os cavaleiros João Moura, António R. Telles e Francisco Palha, e os grupos de Forcados Amadores de Santarém e Vila Franca, que enfrentarão 6 toiros de Cunhal Patrício.

Comentários   

 
+2 #1 larens 01-03-2019 15:40
Que terra de atrasados! Viver os benefícios do ser humano a viver num país do 1o mundo no século 21, mas insistir no direito de se divertir da mesma maneira que os antepassados nas alturas em que a Santa Inquisição ainda massacrava pessoas em praças públicas. Tenham vergonha. Voltem mas é para a idade medieval.
Citar
 

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves