PUB

chamusca variacoes

PUB

carnaval santarem

simulacro escola ctx

A proteção civil do Cartaxo realizou esta quinta-feira, 22 de maio, um simulacro na Escola EB 2,3 Marcelino Mesquita, que testou a evacuação total do edifício, onde estavam 850 pessoas, entre alunos, professores e auxiliares.

O simulacro foi observado de perto pelo presidente da autarquia, responsável máximo pela proteção civil naquele concelho. Pedro Magalhães Ribeiro frisou que “este tipo de exercícios pode representar a diferença entre a vida e a morte em caso de catástrofe real”, e acrescentou que “o treino continuado ao longo da vida escolar, prepara quer as crianças e adolescentes, quer os professores e funcionários, para uma resposta pronta e adequada, dá-lhes o conhecimento e a rotina sobre o que fazer, evitando os comportamentos de pânico”.

Ao lado do Pedro Ribeiro esteve o diretor do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo, Jorge Tavares, que acompanhou o exercício de evacuação, que faz parte do plano de segurança do Agrupamento e envolveu os Bombeiros Municipais e o Serviço Municipal de Proteção Civil.

Para além dos exercícios e simulacros que fazem parte dos planos obrigatórios de segurança das escolas, os Bombeiros Municipais do Cartaxo têm, ao longo do ano, um programa de formação para os estabelecimentos de ensino do concelho. O comandante da corporação, David Lobato, explicou que são feitos exercícios e simulacros em todas as escolas do 1.º Ciclo, três vezes ao ano, com ou sem aviso prévio.

Pais e encarregados de educação dos alunos da escola básica de São Bento, em Santarém, vão eleger esta sexta-feira, 23 de maio, entre as 17h30 e as 19h00, os corpos sociais da nova associação de pais daquele estabelecimento de ensino do primeiro ciclo.

A única lista a votos inclui os nomes de Isabel Costa (Assembleia Geral), Helena Fagulha (Conselho Executivo), e Maria Manuel Durão (Conselho Fiscal).

matematica

Um aluno do 6.º ano da Escola Secundária Manuel Fernandes, em Abrantes, sagrou-se este ano campeão mundial de cálculo mental, entre mais de 36 mil participantes de 61 diferentes países.

A história, da autoria da agência Lusa, vêm hoje em vários jornais nacionais, explica que João Silva Bento, de 12 anos, participou nos Campeonatos SuperTmatik, que decorrem anualmente "online", envolveu 36.725 finalistas de 61 nacionalidades diferentes, tendo conquistado o 1.º lugar no seu escalão, com um tempo de resolução de 42,5 segundos, às 10 equações que lhe foram apresentadas.

"João Bento tem revelado uma apetência invulgar para o cálculo mental", disse à agência Lusa o seu professor de Matemática, António Percheiro, tendo observado que o jovem campeão do mundo de cálculo mental "é um aluno com dificuldades a Matemática", tendo reprovado na disciplina no final do segundo período do presente ano letivo.

Uma situação que a presidente da associação de professores de Matemática, Lurdes Figueiral, diz que não é nada que surpreenda, e que vem apenas sublinhar a incapacidade das escolas e dos professores lidarem com estes casos em contexto de sala de aula.

No entender da professora de Matemática, alunos com muitas capacidades têm a tendência para considerar o trabalho de sala de aula pouco estimulante e desafiante, “tornando-se medíocres, porque se cansam da rotina”.

João Silva Bento, no entanto, diz á Lusa que gosta “mais ou menos” da disciplina de Matemática, e melhorou bastante os resultados escolares no seguimento da conquista do troféu.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

barquinha savel lampreia 2020

PUB

Quem está Online?

Temos 459 visitantes e 0 membros em linha