PUB

chamusca covid continua
Slide thumbnail

PUB

santarem embreve

almeirimalunosvisitaETAR

Um grupo de alunos do 8º ano do Agrupamento de Escolas de Almeirim visitou a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Almeirim / Alpiarça na passada quarta-feira, 27 de maio, com o objetivo de estudar o processo de tratamento dos esgotos domésticos e o respetivo impacto nas linhas de água existentes na região.

A visita, segundo uma nota de imprensa da Águas do Ribatejo, empresa intermunicipal que gere o equipamento, esteve "integrada no plano de atividades da disciplina de ciências naturais", e pretendeu "fazer um levantamento dos fatores abióticos e a sua influência na dinâmica dos ecossistemas".

Os estudantes, que estão a avaliar o modo como a poluição e as invasões biológicas afetam o equilíbrio no ecossistema, conheceram uma das maiores ETAR's do universo da Águas do Ribatejo, um equipamento cuja requalificação e obras em todo o sistema de saneamento custou mais de quatro milhões de euros.

Implantada numa área de 18 hectares, esta ETAR opera com um sistema de tratamento com um processo de biomassa suspensa em lagonagem, e está preparada para receber os esgotos recolhidos em fossas sépticas e as águas residuais provenientes de unidades industriais e agroindustriais dos dois concelhos que serve.

escola benavente

Uma chamada telefónica feita às 9h40 para a sede do Agrupamento de Escolas de Benavente obrigou a GNR e a proteção civil a evacuar a Escola EB 2/3 Duarte Lopes, em Benavente, na manhã desta quarta-feira, 27 de maio.

Por precaução, alunos, funcionários e professores foram conduzidos a um pavilhão situado nas imediações, onde permaneceram enquanto as equipas do Cento de Inativação de Engenhos Explosivos e Segurança em Sub-solo e os binómios do grupo Cinotécnico da Unidade de Intervenção da GNR verificaram todo o perímetro da escola.

A situação ficou resolvida cerca das 12h40, com a reabertura da escola, sendo que na parte da tarde, por ser quarta-feira, não haverá aulas como habitualmente.

Apesar de tomar a situação como uma brincadeira de mau gosto, a GNR vai investigar e tentar identificar o autor da chamada anónima.

Este é, pelo menos, o segundo caso em cerca de um mês no distrito de Santarém. A 17 de abril, cerca de 750 alunos, professores e funcionários da Escola EB 2/3 Armando Lizardo e do Centro Escolar de Coruche foram evacuados também devido a uma ameaça de bomba.

 

Tal como agora, a ameaça viria a revelar-se uma brincadeira.

 

NOTÍCIA RELACIONADA.

Ameaça de bomba obriga a evacuar 750 alunos

chamuscacoposascensao

A campanha de sensibilização ambiental “Eh! Copo!”, que a Câmara da Chamusca, a Resitejo, a Sociedade Ponto Verde e uma marca de cervejas promoveram durante a última semana da Ascensão, separou e recolheu um total de 43.185 copos de plástico.

Esta campanha de consciencialização para a importância da reciclagem consistiu na recolha de copos usados, que depois foram entregues nos postos e trocados por merchandising da semana da ascensão no stand do município ou por bebidas nos stands “Eh!Copo!”.

A iniciativa recolheu o equivalente a 2.879 pontos entregues.

"Aproveitar a semana da ascensão para sensibilizar foi uma estratégia de marketing direto, que resultou no sentido de tornar o recinto da festa mais limpo e contribuir para um ambiente melhor", salienta uma nota de imprensa da Câmara da Chamusca, para quem "é cada vez mais importante que as pessoas sintam que podem e devem dar o seu contributo para a reciclagem".

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

  • jorge_malacas.jpg

PUB

rede regional banner contactos essenciais

Quem está Online?

Temos 2115 visitantes e 0 membros em linha