PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

eco-escolas

O Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado, o Centro Escolar de Alcanede e EB 2/3 de Alcanede vão receber o Galardão Bandeira Verde Eco-Escolas, desenvolvido em Portugal desde 1996 pela ABAE - Associação Bandeira Azul da Europa, que pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade.

Enquanto o Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado recebe este galardão pela quinta vez consecutiva, o Agrupamento de Escolas de Alcanede obtém este reconhecimento pelos dois estabelecimentos escolares – Centro Escolar e EB2/3.

Este programa é coordenado a nível internacional, nacional, regional e de escola. Esta coordenação multinível permite a confluência para objetivos, metodologias e critérios comuns que respeitam a especificidade de cada escola relativamente aos seus alunos e caraterísticas do meio envolvente.

O plano de ação é desenhado por cada escola e deve ter em conta a Agenda de prioridades de ação/intervenção decidida pelo Conselho Eco-Escolas. As escolas são desafiadas a participar em diversos subprojectos que procuram (in)formar e aprofundar e premiar o trabalho no âmbito de temáticas específicas.

Para Manuel Lourenço, Diretor do Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado, “o hastear da Bandeira Verde significa simultaneamente um prémio/reconhecimento e uma responsabilidade por zelar pela continuidade deste galardão”.

A entrega das bandeiras verdes vai ser feita no próximo dia 14 de outubro, no Parque Regional de Exposições – Expotorres, em Torres Vedras.

cartaxo livros

A Câmara do Cartaxo começou esta segunda-feira, 14 de setembro, a entregar manuais de estudo e fichas de trabalho aos encarregados de educação dos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, que vão frequentar os estabelecimentos de ensino do concelho no ano letivo de 2015/2016.

Os 1200 volumes serão entregues até ao final do dia de hoje, 15 de setembro, ficando disponíveis – para os alunos do escalão A e do escalão B –, antes do início das aulas e abrangem Estudo do Meio, Língua Portuguesa,  Matemática e Inglês.

O presidente da autarquia, Pedro Magalhães Ribeiro, garante que “os alunos vão poder iniciar as aulas com todo o material que necessitam”, referindo que “ao contrário do que aconteceu em anos transatos, este ano letivo a câmara iniciou a aquisição dos manuais logo que as listas oficiais foram publicadas e, com o empenho de todos os serviços envolvidos, foi possível entregar os manuais às famílias antes do início das aulas”.

O autarca considera que “o investimento de 20 mil euros que a câmara fez, representa um alívio no orçamento das famílias e um contributo para que 350 crianças do concelho possam frequentar a escola em igualdade de oportunidades com os seus colegas”, reconhecendo ainda que “as dificuldades que as famílias enfrentam, vão muito além da aquisição dos manuais escolares.

“Estas dificuldades têm tornado o direito à educação e o direito de acesso ao ensino em igualdade de circunstâncias, direitos que não são cumpridos de modo integral, criando desigualdades que não são admissíveis numa comunidade que se quer sustentável e coesa. O investimento em educação é de interesse público e é estratégico para o desenvolvimento do município”, completou o autarca.

Para além da aquisição e compra de manuais novos às famílias, a Câmara Municipal também organiza um programa de troca de manuais escolares usados, disponível na Biblioteca Marcelino Mesquita.

espacobrincadeira01

Inaugurado há cinco anos, o Espaço Brincadeira começou por apostar sobretudo em festas de aniversário e acolhimento de crianças por curtos períodos de tempo, mas possui hoje um leque de oferta de serviços bastante diversificado e é uma opção a ter em conta para os pais que querem deixar os seus filhos entregues em boas mãos.

O desenvolvimento da vertente de Atelier de Tempos Livres (ATL) é, de momento, uma das apostas fortes deste espaço, explicou à Rede Regional a proprietária, Raquel Esperancinha.

Após o horário escolar, o Espaço Brincadeira assegura que as crianças têm acompanhamento no estudo e na realização dos trabalhos de casa, até à hora em que são recolhidos pela família.

Como complemento do ATL, os pais podem optar entre o inglês, a informática, a natação, através de uma parceria com o Santarém Hotel, e o ténis, também em parceria com a TDS Indoor, uma academia que abriu recentemente no Retail Park de Santarém.

A empresa garante também o transporte em carrinhas próprias desde as escolas da cidade até às suas instalações, uma espécie de parque infantil gigante na galeria comercial do Pingo Doce de São Domingos, e funciona num horário bastante alargado, desde as 7h30 até às 20 horas.

"A pensar nos pais que entram mais cedo no emprego, também recebemos ou vamos buscar as crianças e levamo-las às escolas", explica a proprietária.

De resto, diversões não faltam para os mais novos, desde escorregas a insufláveis, um mini campo de jogos e televisão para ver desenhos animados.

Uma solução para cada caso

espacobrincadeira02Quando abriu as portas, o Espaço Brincadeira preencheu uma lacuna no mercado, pois não existia nenhum serviço para entreter as crianças enquanto os adultos iam às compras.

Segundo Raquel Esperancinha, não só essa vertente continua a ter procura, como os scalabitanos já sabem que dispõem de um espaço de confiança "quando surge algum imprevisto de última hora e precisam de encontrar alguém que cuide dos filhos".

Outras das caraterísticas que diferenciam o Espaço Brincadeira é o facto de estar apto para acolher crianças dos 2 aos 6 anos de idade, um licenciamento que parte da concorrência não tem.

E o Espaço Brincadeira até proporciona uma "folga" mensal aos pais.

"Nas última sextas-feiras de cada mês, organizamos sempre uma festa temática. A sala é decorada de acordo com o tema escolhido e há sempre atividades relacionadas com essa temática. As crianças ficam até à meia noite, o que dá aos pais a possibilidade de ir jantar fora ou ir ao cinema, por exemplo", explica a proprietária.

Raquel Esperancinha confessa que, passado estes primeiros anos de atividade, uma das coisas que lhe traz mais satisfação é constatar que há crianças que adoram frequentar no Espaço Brincadeira.

"Para nós, é um motivo de orgulho ouvir a criança dizer-nos que adora estar aqui e pedir aos pais para voltar", afirma.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Quem está Online?

Temos 507 visitantes e 0 membros em linha