PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

cantinasescolares

Cerca de 6.000 alunos dos agrupamentos de escolas Sá da Bandeira e Ginestal Machado, em Santarém, e José Relvas, em Alpiarça, vão participar num projeto de divulgação da dieta mediterrânica e de combate às desigualdades alimentares.

Promovido pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, o projeto vai decorrer ao longo do ano letivo em parceria com as escolas, as autarquias, os serviços de saúde locais, as associações de pais, centros de investigação e ensino superior.

Este projeto, que foi apresentado no dia mundial da alimentação em várias das escolas aderentes, vai intervir ao nível da oferta alimentar nos refeitórios, bares e máquinas de vendas e na avaliação de cada um dos alunos com encaminhamento das situações de obesidade, excesso de peso ou subnutrição para equipas multidisciplinares, segundo uma notícia da Agência Lusa.

Essas equipas integram nutricionistas, psicólogos, médicos, enfermeiros, em concertação com o Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria e o serviço de pediatria do Hospital de Santarém.

Além dos 6.000 alunos, dos três aos 18 anos, e dos 500 docentes e não docentes e profissionais de saúde, o projeto quer chegar aos cerca de 12.000 encarregados de educação, para reforçar a opção pela dieta mediterrânica também em casa.

riomaiorescolaprofissional

A Escola Profissional de Rio Maior (EPRM) vai assinalar o seu 23º aniversário no próximo dia 19 de outubro, com um programa de atividades que vão decorrer ao longo de toda a manhã e que receberam o nome de "dia do diploma".

As cerimónias arrancam pelas 10 horas, no Auditório da Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM), com uma sessão de abertura onde vão marcar presença o diretor pedagógico da EPRM, Luciano Vitorino, a presidente da Câmara de Rio Maior, Isaura Morais, e o diretor geral dos Estabelecimentos Escolares, José Alberto Duarte, entre outras entidades.

Segue-se depois a entrega dos diplomas aos alunos dos cursos de Técnico Auxiliar de Saúde, Técnico de Energias Renováveis / Sistemas Solares, e Técnico de Instalações Elétricas, e dos prémios de mérito aos alunos que estiveram envolvidos em projetos de sucesso desenvolvidos no âmbito das suas atividades letivas.

Estes prémios para os melhores alunos da EPRM somam cerca de 2.400 euros, com o apoio de várias empresas que são parceiras da escola.

A cerimónia termina com o contar dos parabéns à EPRM, uma visita às instalações da ESDRM e um almoço de confraternização.

coruchealunopremiado

O Crédito Agrícola distinguiu João Miguel Neves Coelho, um aluno do 11º ano residente em Coruche, pelo desempenho escolar que alcançou no ano letivo de 2014 / 2015, ao abrigo do programa "CA Nota 20", que vai ter continuidade no presente ano letivo.

A nível nacional estão a ser premiados 120 alunos pelos bons resultados escolares, num montante total de 25 mil euros, segundo uma nota de imprensa do Crédito Agrícola, que explica que o programa "Nota 20" atribuiu aos 20 melhores alunos de cada ano escolar, desde o 3º ciclo ao ensino secundário e clientes desta instituição bancária, prémios monetários com valores que vão dos 100 e aos 1.000 euros.

"Promover o desenvolvimento da cultura de mérito e valorizar o esforço e o desempenho individual, criando estímulos para os alunos, é o objetivo do Crédito Agrícola", segundo uma nota de imprensa da instituição.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 874 visitantes e 0 membros em linha