PUB

chamusca ja te dou o arroz

PUB

insantarem

santaremartedeeducar02

Cerca de 350 professores marcaram presença na segunda edição do encontro "A Arte de Educar - A Escola 40 anos depois", que se realizou no passado dia 3 de julho no auditório da Escola Superior de Saúde de Santarém.

Organizado pela equipa da educação para a saúde do Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, o encontro reuniu vários especialistas nos assuntos em debate, casos de André Freire, do Instituto Universitário de Lisboa, Nuno Serra, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Sérgio Niza, do Movimento da Escola Moderna, José Morgado, do Instituto Superior de Psicologia Aplicada, ou Maria do Céu Roldão, da Universidade Católica de Lisboa, tendo ainda contado com a participação de vários responsáveis de instituições do distrito, casos de Maria do Céu Dias, da APPACDM de Santarém, Marco Nobre e Sara Costa, do CEE "O Ninho" de Rio Maior, e de Paulo Nunes e Sílvia Canha, da CRITIC de Santarém.

A sessão de abertura contou com a presença de Margarida da Franca, diretora do Agrupamento Escolas Alexandre Herculano, Tiago Leite, diretor da Segurança Social de Santarém, e da vereadora Inês Barroso, que realçou o papel da escola “como um poderoso instrumento na promoção das condições necessárias ao desenvolvimento de sociedades inovadoras”

O ensino é “uma atividade complexa, exigente mas muito gratificante”, salientou Inês Barroso, para quem esta atividade "é semelhante ao pintar um quadro ou ao compor uma peça musical; é preciso uma entrega de alma e coração”.

O encontro decorreu ao longo de todo o dia, dividido em vários painéis, e terminou com a intervenção da coordenadora da equipa da educação para a saúde, Maria Teresa de Jesus.

ferreirazezerelagoazul

Estão abertas as inscrições para o programa de férias "desporto & aventura" da Câmara de Almeirim, que entre os dias 1 e 11 de setembro vai levar cerca de 130 crianças e jovens ao Lago Azul em Ferreira do Zêzere, onde os participantes vão poder praticar vários desportos radicais e aquáticos.

As inscrições podem ser feitas até ao dia 22 de agosto na receção das piscinas municipais de Almeirim, tendo um custo de 55 euros por participante, que inclui alimentação, alojamento, seguro, transportes e participação nas atividades.

As crianças e jovens serão divididos em três grupos, todos eles limitados a 44 inscrições: o grupo Alfa para crianças dos 8 aos 10 anos vai de 1 a 3 de setembro, o grupo Beta para miúdos dos 11 aos 13 anos vai entre os dias 5 e 7, e o grupo Charlie, para jovens dos 14 aos 16 anos, estarão no Lago Azul entre os dias 9 e 11 de setembro.

 escola manuel figueiredo

A primeira pedra da obra de requalificação da escola básica Manuel de Figueiredo, em Torres Novas, foi lançada no sábado, 28 de junho. O novo estabelecimento de ensino irá substituir os atuais edifícios escolares e administrativo e terá um custo de 4,4 milhões de euros.

A intervenção prevê a construção de um novo edifício escolar; a construção de um novo edifício de ginásio contíguo ao pavilhão desportivo; a construção de um novo edifício de portaria; a remodelação e adaptação dos arranjos exteriores do recinto escolar e remoção de todos os telheiros de ligação entre blocos, atualmente com cobertura em fibrocimento.

O novo edifício escolar incluirá 19 salas de aula; 7 laboratórios; 2 salas de informática; 2 salas de educação visual e tecnológica; 1 sala de educação tecnológica; 1 sala de educação visual; 4 salas de música; 3 salas de pequenos grupos; 2 salas de seminário. Contará ainda com uma área administrativa e de gestão e sala de professores, bem como áreas de apoio (centro de recursos; convívio de alunos; bufete; papelaria /reprografia; refeitório; cozinha; sala de pessoal e gabinete médico).

O diretor do agrupamento de escolas Gil Paes, Paulo Renato, admite que a precariedade desta escola, em particular dos laboratórios, “foi sempre uma preocupação”, pelo que havia “necessidade de uma remodelação profunda”.

O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, lembrou que este é apenas mais um investimento inserido numa estratégia global de melhoria das condições de ensino. “Das velhas escolas, sem condições e com poucos alunos, numa parceria que direi perfeita entre o Município, Ministério da Educação, agrupamentos escolares, juntas de freguesia, pais e população em geral, surgiram seis centros escolares de excelência, onde a sabedoria e o empenho de todo o pessoal docente e não docente é valorizado pelas condições físicas dos equipamentos que têm à disposição”.

O autarca lembrou, no entanto, as intervenções que ainda precisam de ser feitas, nomeadamente no centro escolar de Santa Maria, na escola Artur Gonçalves e na escola Maria Lamas, projetos para os quais pediu o apoio do diretor regional dos estabelecimentos escolares, José Alberto Ponte.

Já o presidente da Assembleia Municipal, António Rodrigues, ex-presidente da autarquia durante mais de uma década, salientou o facto desta obra estar inserida numa estratégia estabelecida há anos atrás, que visa a criação de condições de ensino de excelência, nomeadamente através da construção de centros escolares.

A obra será feita pela empresa Comporto - Sociedade de Construções, SA. O investimento elegível é de 4.410.514,92 euros, sendo 3.748.937,68€ comparticipação QREN e cabendo 661.577,24€ à DRELVT – Direção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo.

Mais artigos...

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

salvaterra jornadas cultura

PUB

Quem está Online?

Temos 547 visitantes e 0 membros em linha