PUB

chamusca natal
Slide thumbnail

PUB

cimt slideshow

PUB

reino natal

PUB

elgalego 2019

banner coruche natal1

O Conselho Geral da Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) aprovou um documento com uma proposta da associação para a revitalização da economia portuguesa. Financiamentos, QREN, incremento da competitividade das empresas, apoios à internacionalização e reformas estruturais fazem parte do conjunto de medidas que a associação aprovou, e que irá, em breve, enviar ao Governo.

Esta análise económica reflecte as preocupações da associação empresarial enquanto líder e porta-voz do empresariado regional, pelo que a associação pretende enviar às autoridades governamentais este documento, que contempla algumas medidas consideradas fundamentais pela Nersant para o desenvolvimento da economia nacional.

A falta de financiamento bancário às empresas, a flexibilização e simplificação das regras de candidaturas ao QREN, o incremento da competitividade das empresas – através do pagamento das dívidas do Estado às empresas, e as alterações no pagamento ao IVA, que deverá ser feito aquando do recebimento efectivo –, apoios à internacionalização de empresas e, por fim, o avanço com as reformas estruturais da justiça, principalmente no que concerne à justiça fiscal e económica, tornando-a mais célere e eficaz e menos dispendiosa, e a redução significativa do número de Institutos, Fundações, Comissões, empresas municipais, através de fusões ou extinções, foram algumas das medidas apresentadas na reunião e que foram aplaudidas por todos os membros deste órgão social presentes na reunião.

Um incêndio na zona de engorda de uma pecuária da Póvoa da Isenta, Santarém, provocou esta segunda-feira de manhã, 2 de janeiro, a morte de 185 leitões.

O alerta foi dado pelas 8h35 para o 112, mas quando os Bombeiros chegaram ao local já as chamas tinham consumido as instalações durante toda a madrugada. Dos 220 leitões que estavam no zona de engorda, sobreviveram apenas 35.

Os materiais inflamáveis que cobriam a cobertura do local terão potenciado a rápida propagação das chamas que poderão ter tido origem num curto-circuito.

O Cartaxo é uma das cidades que deverá vir a receber uma das primeiras bombas de combustível da empresa Rede Energia, que abriu no centro de Lisboa a primeira gasolineira de baixo custo (low cost) da capital.

A notícia é avançada pelo site da Agência Financeira (www.agenciafinanceira.iol.pt), que cita fonte da empresa que refere que o Cartaxo é uma das localizações planeadas na estratégia de desenvolvimento da empresa.

A Rede Energia pratica descontos de cerca de 10 cêntimos por litro face aos preços das gasolineiras de marca e aos consumidores que desconfiam da qualidade dos combustíveis de baixo custo e sem uma marca conhecida associada, garante que os combustíveis são todos iguais. “Todos compramos os combustíveis nos centros logísticos da Petrogal, em Sines, Matosinhos e Aveiras. Mesmo as grandes petrolíferas, como a BP ou a Repsol, compram os combustíveis refinados pela Petrogal”, referiu à Agência Financeira Nuno Castela, gestor da empresa.

Mais artigos...

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

cmcartaxo natal

PUB

PUB

politeama rainhadaneve

Quem está Online?

Temos 638 visitantes e 0 membros em linha