PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos


A poucos dias de um acto eleitoral para a eleição dos novos corpos gerentes que já está marcado pela contestação, o actual presidente do conselho de administração (CA) da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Chamusca manifesta-se "muito magoado" pelo facto da candidatura opositora à lista que integra ter afirmado em manifesto "que não possui informação válida sobre a actividade financeira" da instituição.

"A gestão da Caixa é e sempre foi totalmente transparente, e não posso tolerar que alguém tente insinuar o contrário", afirmou à Rede Regional Vasco Cid, para quem "isso só pode ser dito devido a uma enorme distracção, para não lhe chamar outra coisa".

"O nosso site na Internet tem tudo acerca da actividade financeira, desde os relatórios de contas aos balanços e demonstrações, e devidamente acompanhados pelo parecer do conselho fiscal", explica Vasco Cid, acrescentando que os mesmos documentos "estão também disponíveis no site do Banco de Portugal, onde já não ficam só à disposição dos sócios da Caixa mas sim abertos à consulta para todo o mundo".

"Para que não restem dúvidas", o presidente do CA, que se recandidata ao cargo, adianta ainda que "a Caixa é auditada trimestralmente por uma empresa de auditoria multinacional, que valida as contas e envia os relatórios para o Banco de Portugal, além de termos um Técnico Oficial de Contas e um conselho fiscal que certificam tudo, e de termos ainda inspecções periódicas do Banco de Portugal".

Caixa "sempre esteve ao lado das instituições locais"

O facto do manifesto da candidatura de João Amaral Netto acusar a Caixa de ser uma instituição fechada sobre si própria e remetida apenas à actividade bancária é outro ponto que causou alguma "estranheza" a Vasco Cid, para quem "isso só pode ser afirmado de ânimo leve por quem realmente desconhece ou anda distraído em relação à nossa actividade".

Como exemplos do apoio social, o responsável refere as duas ambulâncias oferecidas aos corpos de bombeiros da Chamusca e da Golegã, um carro desencarcerador e um carro de transporte de doentes à corporação da Chamusca, e outro carro de transporte de doentes à Junta de Freguesia da Parreira, por ser a freguesia mais afastada da sede de concelho.

"Mais recentemente, a Caixa estabeleceu protocolos com as escolas secundárias da Chamusca e da Golegã para dar uma bolsa de estudo ao melhor aluno de uma família carenciada, para que pudesse prosseguir os estudos no ensino superior", acrescentou ainda Vasco Cid, explicando que "foram as escolas que escolheram o estudante a apoiar. O da Golegã já tem um bacharelato co-financiado pela Caixa, e o da Chamusca está a acabar o curso de medicina".

"E, ao longo dos anos, nunca as colectividades culturais, desportivas ou recreativas que têm conta aberta nesta casa deixaram de ser apoiadas, sempre que o solicitaram, pelo que penso ser muito injusto afirmar que a Caixa é uma instituição isolada da comunidade", afirmou o presidente do CA.

Sobre o acto eleitoral que se aproxima, o primeiro da história da Caixa da Chamusca em que apareceram duas listas concorrentes, Vasco Cid pede que não fulanizem a campanha nele próprio.

"Eu sou apenas um nome numa lista de 11 pessoas para três órgãos diferentes. Não gosto que digam que é a minha lista, porque, por exemplo, o conselho de administração é composto por três pessoas e duas delas estão a ser desvalorizadas. Se eu disser que é preto e eles dois disserem que é branco, a decisão que vai ser tomada é mesmo branca", garante.


A Câmara Municipal de Abrantes vai apoiar empresas com sede ou incidência no concelho no desenvolvimento de projectos cujo financiamento seja aprovado no âmbito do QREN e do PRODER, e que recorram a serviços das entidades instaladas no Tecnopolo do Vale do Tejo (TagusValley).

O regulamento deste apoio foi aprovado na reunião de Câmara da passada segunda-feira, 22 de Outubro, e prevê que a autarquia comparticipe com parte do montante integrado na componente nacional das candidaturas em actividades de investigação empresarial e desenvolvimento tecnológico, e relacionadas com investimentos na agricultura e na agro-indústria.

Na prática, a Câmara devolve às empresas candidatas o montante que as mesmas gastarem com serviços contratados às entidades instaladas no Tecnopolo: LINE, OTIC, MEDIOTEJO 21, aLOGOS e INOVLINEA.

Segundo o mesmo regulamento, os incentivos têm um limite máximo de 10 mil euros por projecto, e não poderão ultrapassar "o montante integrante da componente nacional, no máximo de 20% do valor de comparticipação das despesas elegíveis aprovadas nas respectivas candidaturas", explica uma nota de imprensa da autarquia.

"Na actual conjuntura de estagnação e desemprego", esta medida do município visa "apoiar a actividade económica local, estimular a inovação e desenvolvimento tecnológico empresarial da região, e dinamizar os recursos dos serviços instalados no Parque Tecnológico", acrescenta a mesma nota.

O mês de Outubro está a revelar-se trágico para o setor gráfico no distrito de Santarém. Depois de na quarta-feira, dia 17, a gráfica Madeira & Madeira, S.A., em Santarém, ter fechado as portas, na sexta-feira, dia 19, foi a vez da gráfica Peres Soctip, com sede em Porto Alto, Benavente, apresentar um pedido de insolvência junto do tribunal, o que poderá levar ao despedimento de perto de 190 trabalhadores, 60 dos quais do concelho de Benavente.

Segundo o comunicado da empresa, que já se debatia com problemas financeiros há vários meses, foi um sindicato bancário que não viabilizou a gráfica, mesmo depois de terem sido feitas várias diligências.

A gráfica Peres Soctip, dedicava-se sobretudo à impressão de jornais e de revistas, sofrendo também com a crise que os órgãos de comunicação social também atravessam, seja ao nível do fim das publicações, seja da diminuição nas tiragens.

Este é já a segunda empresa de dimensão que fecha este ano em Benavente. Em Janeiro, a Martifer tinha anunciado o encerramento da unidade fabril de Benavente, afetando 120 funcionários. Destes, 90 rescindiram e 30 foram transferidos para outras fábricas do Grupo.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 804 visitantes e 0 membros em linha